sábado, setembro 24, 2011

José Niza: o depois do adeus de um homem bom

Há pessoas que nunca atravessam a vida. O José Niza, infelizmente hoje falecido, foi uma delas.

Lembro-me dele como autor de canções tão belas como "Depois do Adeus" e tenho-o sempre ligado na memória aos tempos da jovem democracia portuguesa, defendendo a cultura portuguesa e uma forma de fazer política, ele foi deputado, empenhada e sincera.

José Niza foi director de programas da RTP e foi com ele que a televisão pública ganhou asas e deu a possibilidade a Herman José se ter afirmado com o seu Hermanias. Não fora José Niza e não seria decerto o artista que é Herman José. Isto só para dar um bom exemplo.

Com ele a música portuguesa foi defendida com a célebre lei da rádio. Retirou-se há anos da política activa, penso que vivia em Santarém ( cheguei a cruzar-me com ele na cidade), depois de também ter abandonada a sua profissão de médico.
Embora nunca o tenha conhecido pessoalmente, fico com a ideia de um homem de ideais e de acção democrática.
Fico também  com a triste ideia que cada vez mais ficamos sem os melhores de entre nós.

Sem comentários:

Enviar um comentário