quinta-feira, setembro 24, 2009

Sobe, sobe, PS sobe!...


Já percebemos que os portugueses se estão nas tintas para as palavras de santa padroeira de Ferreira Leite e preferem o vendedor de ilusões que há em Sócrates.

Num país onde todos gastam mais do que aquilo que ganham, estavam à espera que um discurso para meter na ordem os consumistas portugueses ganhasse? Claro que não. É como convencer aqueles frenéticos frequentadores de centros comerciais que o melhor era irem apanhar ar, dar banho ao cão, lavar o carrito perto de um chafariz, voltarem a tocar discos de vinil, ou a comprarem Renaults clio sem vidros eléctricos.

A malta quer é borga, TGV e aeroporto novinho, estradas a rasgar o Marão e o Ribatejo, onde o silêncio do vazio de carros devolve o espírito ecologista que há em cada idiota útil.

Querer que o Zé povinho prefira Leite a Sócrates, seria o mesmo que convencer um aluno bera a escolher uma tia rezingona a um professor liberal.

O ról de obra positiva feita pelo governo é empolada várias vezes ao dia. Há números que nem devem estar correctos, como aquela de já gastarmos 40 por cento de electricidade de eólicas, mas como ninguém contesta, deve ser verdade.

Portanto: vamos ter a segunda edição de Sócrates por dois anos e Cavaco pode começar a arrumar os tarecos em Belém. É a vida!!!

10 comentários:

  1. o país caminha para um ambiente de radicalização na política.

    O BE diz que o verbo não é coligar.
    O verbo é derrotar.

    Podemos agradecer a Sócrates.


    Pra mim, o futuro passa pela 2ª circular e a seguir começa na porta do aeroporto.

    E se calhar de muitos mais portugueses.

    PQP pra eles.

    ResponderEliminar
  2. O "zé povinho"??Haja memória Luiz.Então e aquela
    "inteligência",tipo Inês Pedrosa, ou o actual Ministro da KOLTURA,para nem falar de outros que andaram a "gozar" com o Sócrates,e mal este lhes oferceu um tachito, viraram SOCRÁTICOS??O zé???A Sra Inês Pedrosa desde que saiu despeitada com Alegre, e lhe ofereceram um cargo de diretora na Fundaçâo F.Pessoa, foi vêla a
    mudar de agulha...por isso meu caro Luiz o exemplo vem de cima de certos "inteléctualoides"
    muito bem na vidinha, que de vez enquando coçam
    os colhôes,e pensam:"BOM HOJE VOU DAR UMA DE REVOLUCIONÁRIO",amanhã logo se vê...pode ser que me safe!!!

    ps: isto também é válido para aquela Sra que adorava criticar Sócrates(mas é só até ele lhe tefonar),e que nesta altura,das eleiçôes qual "PLUMA CAPRICHOSA" sim, essa mesmo, defende o Sre Engenheiro como uma gatinha ,digo eu!L.R

    ResponderEliminar
  3. Pézinhos n' ... areia1:14 da tarde

    http://www.youtube.com/watch?v=_vuZlAsR8VY


    sócrates versus sócrates ....

    ResponderEliminar
  4. O que faz a diferença entre Sócrates e Leite não é essa postura simplista perante o país.
    Os portugueses já conhecem Leite de outros carnavais,a sua "verdade" não os convence!!!

    ResponderEliminar
  5. Ferreira Leita tinha tudo para ganhar e derrotou-se a ela própria com tantos tiros que deu nos pés. Na recta final o Cavaco também ajudou a martelar os últimos pregos no caixão. O vendedor de banha da cobra ganha mais uma vez sem fazer nada para o merecer e com a benção do zé povinho que prova uma vez mais que Portugal é mesmo um país ignorante e atrasado.
    Tivesse o Passos Coelho ganho a presidência do PSD e a esta hora já tinha maioria absoluta sobre o engenhocas.

    ResponderEliminar
  6. daniel tecelao8:56 da tarde

    Passos Coelho com maioria absoluta?
    Não está tempo para neoliberais!

    ResponderEliminar
  7. Por falar em memória será bom que os seus confrades jornalistas, na hora de votar, se lembrem do que o PS tem feito na área da Comunicação Social. Mexidas cirúrgicas no Código Penal, no Código de Processo Penal, no Código Civil, no Código dos Direitos de Autor, na Lei de Imprensa, no Estatuto dos Jornalistas, nas sanções na Carteira Profissional, na Caixa de Previdência, etc, sempre em prejuízo deles. Ficou a sensação de revanchismo sobre esta classe a propósito do sucedido com a Casa Pia . Apelo a que lhes recorde todas estas malfeitorias e votem em consciência.

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  9. «...
    Ingenuidades

    A meia dúzia de dias das eleições transformar isto numa coisa essencial é claramente uma manobra. A opinião mais acertada que já li sobre esta palhaçada.

    Permitindo-me acrescentar. E que um jornal, manifestamente alinhado com o PS, cirurgicamente, fez sair uma notícia no momento certo «porque foi o único com coragem».

    Aquela expressão, que me faria rir se o assunto não fosse sério, de «porque foi o único com coragem», foi escrita aqui por Fernanda Câncio, que, sendo uma jornalista que me habituei a ler com gosto, muitas vezes, demasiadas ultimamente, nos faz parecer ter uma inocência e uma bondade que, objectivamente, não tem, o que nada tem que ver com achar que é uma excelente pessoa.

    Em política não há inocentes e Fernanda Câncio pode esgravatar-se toda, mas, neste particular, não me convence.
    Embora a compreenda, porque eles, os outros, bem merecem.

    Em boa verdade, Cavaco Silva, não o PR mas sim o político, bem merece mesmo.
    Tal como bem merece um PSD que vem falar em Verdade e que não passa de uma Mentira.

    Eu também votei Sócrates, e votaria agora novamente, não fossem os casos, sobretudo um dos casos, que são públicos, terem sido chutados para canto sem que eu esteja convencido da inocência de alguns políticos que nos governaram nos últimos anos.
    Não quero, sinceramente, daqui a uns anos, concluir que, afinal, os casos do fim do Cavaquismo, também possam ser verdade no fim do Socratismo, que, tudo leva a crer, ainda vai durar... mais dois anos. Por isso, vou votar, mas sem gastar tinta.

    Mais dois anos, porque, sem maioria absoluta, as eleições estarão aí de novo, espero que para arejarem o país com uma nova geração de políticos.

    Uma nova geração de políticos em que eu não acredito que apareça, porque a democracia tornou-se uma sucessão dinástica de pais para filhos, com as mesmas manhas e com piores vícios.

    Porque a 3ª República está corrompida, para usar um eufemismo sobre o que realmente penso. E conheço. E que, afinal, também aconteceu com as duas primeiras.

    Vamos continuar a ser um país atrasado de gente que se governa, na manjedoira do poder, seja a andar de TVG ou de avião.

    Seja a andar de burro, de bicicleta ou de Metro ou em carros de alta cilindrada para demonstrar a vantagem dos transportes públicos que os políticos usam, mas apenas em época de eleições, armados em parvos, como se nós, os burros, fossemos muitos burros.
    A propósito de avião, acho uma vergonha esta greve dos pilotos, que ganham um vencimento ao nível dos mais altos dos seus colegas no mundo.

    Um país de merdosos é o que somos. E de jornalistas "ingénuos"!
    ...»

    JJ

    ResponderEliminar
  10. Luíz
    Eu continuo a achar que este "Zé Povinho" gosta mesmo é de LEVAR na tromba!
    Faz-me lembrar algo que, ouvi há muitos anos atrás da boca de uma prostituta que tinha a cara feita num bolo...
    Perguntava-lhe outra,"quem te fez isso?" responde ela "quem havia de ser?" " foi o teu homem...!" diz-lhe a outra.
    Resposta da primeira: "ele faz-me isto porque gosta muito de mim! e eu gosto muito dele!".
    O nosso povinho, que a história diz ser valente, gosta é que lhe MALHEM.
    Gaspar de Jesus

    ResponderEliminar