quinta-feira, agosto 14, 2008

0,3 já excita ministro das finanças

Mesmo em férias, e com Sócrates a dirigir o país por telemóvel, o governo está eufórico. A senhora Secretária de Estado dos Transportes foi inaugurar 200 metros de Metro, com pompa, circunstância, e um investimento de 50 milhões de euros. Quanto ira´custar a todos nós cada viagem de cada utente? Ela que adora comboios (aquele tique de esquerda que já é um clássico) ainda explicou que não eram os 200 metros que contavam, contava a solução. Se assim é porque não fizeram logo os tais metros que faltavam para ligar as duas vias ? Ou são todos engenheiros com diploma dado depois da missa dominical?

Mas o mais deprimente -para não dizer revoltante -foi ver o Ministro das Finanças a dar uma conferência de imprensa, rindo satisfeito a falar ao telemóvel, porque o INE revelou que íamos crescer essa cifra fantástica de...0,3 por cento!!! E que o desemprego diminuiu uns pós idênticos. O governo governa para os números e as estatísticas. Já o sabíamos: todos os dias a campanha de propaganda o vem confirmar.
Há uma falta de pudor e de sensibilidade social enorme nestas manifestações de gabarolice. Depois ficamos satisfeitos porque a Europa vai entrar em recessão (vai? Têm a certeza?) e nós não vamos na enxurrada porque estamos 3 décimas acima. Quer dizer: quando a coisa está muito mal a culpa é da Europa, quando está mal (bem para eles)é vitória do governo.

Entretanto perto de Viseu a SIC descobriu um homem de 60 anos, surdo-mudo, a viver como um animal. É a irmã que recebe a pensão e se responsabiliza por ele. Trata-o como há 30 anos tratavam os anormais, os doentes nas aldeias: com total exclusão. Eu que sou da aldeia (e perto de Viseu)constatei casos destes que então eram norma. Cheguei mesmo a denunciar um caso de exclusão social no Tal & Qual. Os tempos eram outros. Hoje essas situações são um escândalo, ainda por cima quando o director da Segurança Social de Viseu vem dizer todo emproado, numa pose de burocrata, que não é fácil intervir. Não é? Então para que serve o estado social que ignora há 5 anos este quadro digno de Bruegel? Que vai fazer o Ministro da tutela? Calar-se ? Ou um excluído e mal tratado não entra para as estatísticas?

2 comentários:

  1. Agora vejam lá o que vale as prestções sociais aos moradores da Quinta da fonte, comparado com os 50 milhões de euros por 200 metros de linha de metro!!!! 250 000€ por metro!!!
    e não é liquido que a obra custou 50 milhões!!! e o resto !


    E sobre o Surdo-mudo de 60 anos, meu caro LC , não tenha ilusões! Se fosse uma criança mesmo que fosse surdo-muda era logo retirada da familia com a desculpa que não era devidamente cuidada e mais toda a lenga lenga do sistema!!!!
    O surdo mudo, só dá despesa , por isso fica onde está !!!
    Money talks!!!

    ResponderEliminar
  2. Não meu caro Ela "não é de esquerda"...Ela é uma das "quotas",
    e da "secção" socrática dentro do P.S.!!!Sim ,arrelia~se e tem todos os tiques do ENGENHEIRO!Aliás é
    a SRA que manda nos transportes.A
    C.P.,que tem o SRE BEXIGA como vogal, é um feudo do P.S.!!!É, sabe
    que ser de "esquerda",não è banir
    bens sociais, que existem ha´muitos
    anos dentro da C.P., como é o caso
    dos INFANTÁRIOS, que servem os filhos, dos trabalhadores...É,sabe,
    é preciso saber distinguir!L.R.

    ResponderEliminar