quarta-feira, dezembro 12, 2007

Tugas querem casas antigas, net e coisas novas

Morar numa casa antiga reconstruída, viajar pela Europa e experimentar e saber coisas diferentes, como comida japonesa ou línguas orientais e passar mais tempo online do que à frente da televisão, são algumas das novas tendências que fazem mexer a sociedade portuguesa, escreve a Lusa.

As conclusões são de um estudo, realizado pela Área de Planeamento e Estudos de Mercado (APEME) em parceria com a Produções Fictícias, apresentado esta terça-feira e realizado a partir de um inquérito junto de uma amostra de cidadãos representativa de um segmento de vanguarda, de pessoas que «iniciam tendências», na esfera privada, social e pública.

5 comentários:

  1. nõa será talvez muito diferente o resultado se o estudo fosse feito por entidades idóneas...mas pelas Producções Fictícias ...bem o nome diz tudo.
    De qualquer modo o que os portugueses querem agora já queriam há 33 anos há 333 anos há 3.333 anos e os franceses alemães suiços e o outros "queijos" europeus já têm há bué...da time

    ResponderEliminar
  2. Outros tb querem saber porque é que o juiz do tribunal mandou para casa o assassino confesso do Dr Levy o alto quadro técnico dos CTT assassinado este fds por um amigo que a imprensa não revela a identidade. Why..why..why?

    ResponderEliminar
  3. Outros também querem um apartamento de 8 milhões de euros no estoril sol residence... Eu já me contentava com o euromilhões...

    ResponderEliminar
  4. ... e querem todos levar uma vida poética ao estilo Amélie Poulain.
    Mai nada!
    Afirnal, querer não é pecado...

    ResponderEliminar
  5. dasse a Amélie queria uma vida poética e uma sarda entre as pernas ora cá o je dispensa sardas.....nem escaladas nem assadas sardas só ASAEadas

    ResponderEliminar