terça-feira, dezembro 11, 2007

Petição online contra ASAE

Mais de mil pessoas já assinaram a petição online contra as novas medidas de higiene da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), que já considerou a iniciativa "um profundo disparate sem qualquer fundamento".

A petição, intitulada "Não às novas medidas de higiene alimentar da ASAE" por considerá-las "contra o povo português", tinha até meio da tarde de hoje 1043 assinaturas.

Sem autor nem data de início, a petição pretende protestar contra a proibição da venda de produtos alimentares não empacotados, a proibição da utilização de chávenas de porcelana para chás e cafés e de copos de vidro para outras bebidas.

De acordo com o texto a circular online, os princípios usados pela ASAE são "duvidosos e obsessivos" e o facto de se preferir a utilização de copos de plástico significa para os assinantes a promoção de uma política de "desperdício", que terá como resultado final o aumento da produção do lixo./ Público

16 comentários:

  1. Ora, 1043 assinaturas em 10 milhões de portugueses e 6 milhões de benfiquistas (mais um dentro de dois meses do filho, que vai nascer, aqui da minha vizinha, o que faz 10.000.001) não está mal!
    Sinceramente esperava por um mais elevado número de... patetas.
    Haja paciência!

    ResponderEliminar
  2. Já vai em quase 2 mil. Felizmente.

    Assina-se aqui:

    http://www.petitiononline.com/naoasae/petition-sign.html?


    João V.

    ResponderEliminar
  3. De facto os patetas são os fundamentalistas da ASAE e o Hamas-Asae comentador js.

    O aumento da utilização de plástico que não é bio degradável como os sacos, dá cabo da saúde do planeta, e o vidro ou a porcelana mesmo mal lavados não são grandes indutores de perigos para a saúde pública salvo raras excepções. Por isso esta sanha higienista da ASAE é perfeitamente palerma e só pode ser apoiada por idiotas como os esquerdalhos baralhados e xuxas aparvalhados.

    ResponderEliminar
  4. Para quem usou o termo de apenas de "pateta", não estão mal os termos aplicados na resposta de "Hamas", "idiotas", "esquerdalhos", "xuxas", e "aparvalhados"...!

    Não confunda as coisas meu caro "anónimo disse"...!
    Podemos, já o disse aqui antes, se tiver o trabalho de ir lá baixo ver alguns outros meus comentários sobre este assunto, concordar que nas acções da ASAE existe muito circo e, porventura, algum excesso de zelo em alguns casos, conceito este que é sempre muito relativo, em função de quem gosta ou não gosta de comer em restaurantes com baratas na cozinha ou emborcar ginjas que, embora típicas de uma bonita cidade, não passam de uma mixórdia digna da mais foleira ginja.
    Mas o que está a fazer falta neste país são muitas ASAE, em muitas áreas das funções fiscalizadoras do nosso país. Talvez os patetas fossem bem menos.

    E, se quer que lhe diga, já seria eu um dos primeiros subscritores contra a praga dos sacos plásticos, esta sim, uma causa sensata.

    ResponderEliminar
  5. Escrevo aqui o que já escrevi noutro lado:
    A ASAE passou de uma instituição que zelava pelo bem do consumidor, para um gang de autómatos sedentos de protagonismo ao arrasar feiras típicas que existem há anos e anos, ensacar à bruta os produtos típicos caseiros que já se vendem há anos e anos e deixar sem subsitência pessoas que não sabem fazer mais nada senão aquilo.

    ResponderEliminar
  6. Já vai quase em 4 mil! :)

    João V.

    ResponderEliminar
  7. «Já vai quase em 4 mil! :)»
    E do outro lado já vão mais 400.000 votos para o JS (Sócrates, não confundam) que só se vai rir destas "patetices".
    Porque, obviamente, o que a ASAE anda a fazer, incluindo em instituições públicas (até ao refeitório da AR foram, não se esqueçam...) tem que ter cobertura política, ou melhor, um objectivo político.
    Caso contrário, o António Nunes (acho que é assim que se chama o chefão) já tinha sido frito numa frigideira cheia... de merda.

    ResponderEliminar
  8. Mas caro... claro que tem cobertura política, isso alguma vez esteve em questão?!

    As sopeiras de Bruxelas que são os nossos governantes já deram cabo e venderam o país todo, e agora querem que o pessoal, que já de si é por demais acarneirado, coma também todo o mesmo tipo de ração.

    Acho que este é o pior governo que alguma vez tivemos. O mais mentiroso, o mais demagógico, o mais ditatorial e o mais perigoso.

    Não sei o que será mais preciso para o povão acordar de vez. Pelo menos alguns vão assinando estas coisitas... a internet está a afirmar-se cada vez mais como um importante meio influenciador a vários níveis... pelo menos enquanto os porcos não deram também cabo dela, a exemplo do que fazem na china.


    João V.

    ResponderEliminar
  9. JL Andrade7:27 da tarde

    Estou mesmo a ver que é um plano para aparecer uma taxa de 5 centimos por cada copo de plástico. Afinal temos de ser pelo ambiente e os sacos de papel são muito mais ambientais, também se podiam usar copos de papel. Acho que ainda me lembro das aulas da pré-primário onde aprendi a dobrar uma folha A4 para fazer um copo.

    ResponderEliminar
  10. JL Andrade7:33 da tarde

    Ainda não tinha visto estes novos formulários. Então quer dizer que o google não quer que o ppl deixe um link para a página pessoal, a não ser que tenha uma conta do google. E até podemos receber comentários posteriores (se tivermos uma conta google, claro). Interessante esta nova politica.

    ResponderEliminar
  11. Eu agora quando vou à ginjinha ou ao eduardinho ou aos piratas peço sempre a respectiva bebida em copo sujo e brindo á saúde da cáfila governativa e dos carneiros que os elegeram....já agora recomendo á ASAE que proiba serviço de pratos de cerâmica no Tavares, Aviz, Bica, Pestana Restaurante etc. e os faça substituir pelos respectivos de plástico como em dias de jogo no jamor...percebem???

    Já agora ouvi dizer que na casa do Balsemão tb já se bebe ginjinha em copos de plástico...e no Palácio de Belém o medronho como se bebe???

    ResponderEliminar
  12. ó js vcê já tinha idade de ir ver uns filmes pornográficos à Holandiu num acha?

    ResponderEliminar
  13. «ó js vcê já tinha idade de ir ver uns filmes pornográficos à Holandiu num acha?»

    E quem lhe disse, caro "anónimo disse", que já lá não fui?
    Apesar de não saber sequer onde isso fica.
    Mas talvez fique onde o meu caro se deve entreter a comer pipocas lá para uma das filas mais discretas onde não se notem as nódoas que por lá possa deixar.

    Haja paciência para responder a tipos que comem pipocas.

    Olhe nem de propósito, estou a ouvir o Jorge Palma e ele está a cantar que "és um crítico de merda..." (Os Demitidos, Do álbum Norte).

    ResponderEliminar
  14. «ó js vcê já tinha idade de ir ver uns filmes pornográficos à Holandiu num acha?»

    E quem lhe disse, caro "anónimo disse", que já lá não fui?
    Apesar de não saber sequer onde isso fica.
    Mas talvez fique onde o meu caro se deve entreter a comer pipocas lá para uma das filas mais discretas onde não se notem as nódoas que por lá possa deixar.

    Haja paciência para responder a tipos que comem pipocas.

    Olhe nem de propósito, estou a ouvir o Jorge Palma e ele está a cantar que "és um crítico de merda..." (Os Demitidos, Do álbum Norte).

    ResponderEliminar
  15. Bolas, que o comentário foi a dobrar, por conta dos breaks...

    ResponderEliminar
  16. bem um gajo que ouve Jorge Palma só me causa pena, e agora que a ASAE já levou pra tabaco, vamos cair em cima dos restaurantes e afins badalhocos...com a força da justiça popular. Cada mosca no arroz corta-se 1 dedo ! Rato no cozido leva-se o gajo á noite do Porto e deixa-se o fulano ao pé de um segurança do " Bai-me ao Olhómetro"

    ResponderEliminar