terça-feira, dezembro 04, 2007

Jardim parte atento, Pinhal volta a querer BPI

O actual presidente executivo do Banco Comercial Português (BCP), Filipe Pinhal, não afastou que, no futuro, a fusão entre o BCP e o BPI possa ser uma realidade.

Na conferência de imprensa marcada para anunciar a renúncia de Jardim Gonçalves a todos os casos que ocupava, Filipe Pinhal disse que a fusão ainda é possível. O administrador executivo do BCP lembrou que durante vários anos ambas as administrações consideraram a operação como tendo racional. Logo, prosseguiu, um dia alguém irá aproveitar esse racional.

3 comentários:

  1. Oi, achei seu blog pelo google está bem interessante gostei desse post. Gostaria de falar sobre o CresceNet. O CresceNet é um provedor de internet discada que remunera seus usuários pelo tempo conectado. Exatamente isso que você leu, estão pagando para você conectar. O provedor paga 20 centavos por hora de conexão discada com ligação local para mais de 2100 cidades do Brasil. O CresceNet tem um acelerador de conexão, que deixa sua conexão até 10 vezes mais rápida. Quem utiliza banda larga pode lucrar também, basta se cadastrar no CresceNet e quando for dormir conectar por discada, é possível pagar a ADSL só com o dinheiro da discada. Nos horários de minuto único o gasto com telefone é mínimo e a remuneração do CresceNet generosa. Se você quiser linkar o Cresce.Net(www.provedorcrescenet.com) no seu blog eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. If is possible add the CresceNet(www.provedorcrescenet.com) in your blogroll, I thank. Good bye friend.

    ResponderEliminar
  2. Que grande azar para a "melhor policia do mundo"..., a Maddie não aparece, a Joana também não, Rui Pedro idem àspas, a mãe de Joana queixa-se de que lhe arrancaram a confissão à força de muita porradinha...(parece que os métodos da PIDE continuam ma fazer escola). Parece que queriam fazer o mesmo aos pais ingleses mas deram com os burros na àgua, Gonçalo Amaral lá teve que refrear os seus impetos e foi investigar para outra freguesia.
    Parece que finalmente a P.J. sempre arranjou orçamento suficiente para, nove anos depois, ir até à Holanda interrogar alguns amigos do unico suspeito do desaparecimento do Rui Pedro, enfim, como diz o povinho mais vale tarde que nunca, por falar no Rui, li algures que sua mãe D. Filomena teve uma recaída no seu frágil estado de saúde e estará de novo internada, deixo aqui a minha solidariedade para com essa mãe-mártir, e deixo também um repto ao amigo Luíz, porque não debater-mos o caso RUI PEDRO neste Blogger.
    G.J.

    ResponderEliminar
  3. Já agora, porque não o caso Sá Carneiro!
    27 anos a investigar até prescrever!

    ResponderEliminar