sexta-feira, novembro 23, 2007

Concurso Epson com 20 por cento de portugueses

À seca no aeroporto de Barcelona apetece-me ainda falar do Concurso Epson. Os comentários de ontem feitos ao meu post revelam uma certa acidez para com os concursos e desconfiança sobre a qualidade das fotos e até do júri.
Quem escreve muito a dizer mal não concorre na verdade e não mostra por obras e palavras que podia contribuir para melhorar um encontro que é só (!) o maior concurso da Península Ibérica, se não citarmos o da Visão, que é só de fotojornalismo.

Mesmo perante prémios muito generosos ( até maiores do que no Visão, tirando o primeiro)
os fotógrafos portugueses só contribuíram com 21 por cento das participações, o que é uma miséria franciscana. Houve fotógrafos espanhóis de grande curriculum a concorrer e pelos vistos não lhes caíram os parentes na lama e ainda ganharam uns prémios substanciais.

Presunção, água benta e mania das grandezas é típico dos portugueses. Depois são capazes de ter a lata de virem dizer que os espanhóis tomam conta de nós...pudera !

Não vou falar dos jurados portugueses mas do lado espanhol é um júri que tem
( só para citar dois deles) nomes como Isabel Munoz ( capa de Photo, exposição em Perpignan, um nome internacional) e o director do Foto Espanha um festival de fotografia muito importante, o Perpignan de Espanha, que este ano terá Sérgio Mah como comissário.

6 comentários:

  1. A Epson faz um trabalho excelente naquilo que é divulgação da fotografia... Mas talvez o faça mais entre as comunidades de amadores do que entre os profissionais...

    E são também os amadores que não se envergonham de enviar umas fotos para estas coisas... Pronto, tá bem já sei que mandam postaizinhos...

    Mas ao menos mandam...

    Não sei o que pensam os pros de concursos deste genéro... tanto quanto me parece não gostam muito de misturas em concursos com os amadores e talvez por isso se afastem um bocado mais destas coisas...

    O que é talvez seja uma pena e talvez não...

    Pena mesmo é não haver uma participação massiça dos portugas... sejam amadores ou não. Mas olhe Luiz, aí fiz a minha parte... As minhas estavam lá!

    Vocês júri, fizeram a vossa? Deram algum prémio a um portuga?

    ResponderEliminar
  2. quem semeia ventos colhe tempestades...foi o LC quem no seu post sobre o Concurso se fartou de lamentar os amadorismos concursísticos especificando até o tipo de fotos que mais por lá apareceram (?) tipo por~do~sol com silhuetas e depois vem queixar-se disto e daquilo que somos nós os comentaristas e os portugueses em geral ( nisso parece o Sócrates e todos os outros políticos) por n participarem...
    Agora digam lá mas nós participamos nalguma coisa de jeito a não ser no Euromilhões ? que nos pode tirar da merda de vida que se leva por aqui e etc emais porque sim e porque também é verdade a Maddie já apareceu? e a PJ já desapareceu? e os rapazes da Casa Pia com 14 e 16 anos já foram abusados por uns gágás ? e q Catalina já Catalona ainda brinaca às VóVós de Belém? e a Felicia cabrita já recebeu o Prémio Visão do Jornalismo Sério com fio Dental ? Tirem-me deste filme please .......

    ResponderEliminar
  3. Os concursos premeiam a fotografia, não os autores, esses precisam de apoios não mediáticos e de todo um circuito que não existe, por isso um concurso é apenas um concurso e nada mais.
    Eu como autor prefiro editar ou ter encomendas do que participar em concursos. Não estou a dizer que os concursos são desprezíveis, mas apenas que não têm um papel assim tão importante como lhes está a querer dar (só porque foi convidado a ser juri ?).

    ResponderEliminar
  4. Retorta tem a sua razão. No fundo tudo contribui para a evolução da espécie.

    ResponderEliminar
  5. Espero bem que Retorta n�o seja daquelas encomendadas que costumam apresentar umas cagadas expos ou edito- fotogr�ficas e umas facturas astron�micas como se fossem a Cindy Sherman ou o Mario Testino ( � Testino ou Test�culos?) porque t�m um primo do PS ou amigo do Presidente da Camara

    ResponderEliminar
  6. Paulo Sousa3:37 da tarde

    Não tenho impressora epson... por isso não se proporcionou a minha participação.

    No concurso da Visão também qualquer um pode enviar fotos... mesmo ser ser fotojornalista...

    E tendo em atenção a população de ambos os países, eventualmente até tivemos tantas participações como os espanhois, tipo x participantes por milhão de habitantes...

    Paulo Sousa

    ResponderEliminar