segunda-feira, novembro 05, 2007

Falaram-lhe de Céline e Sarkozy pirou-se

Se ainda acham que Santana Lopes foi intempestivo na SIC-N, vejam esta debanda de Sarkozy ao 60 minutos.

6 comentários:

  1. Não vi a entrevista, ainda...

    Aprecio este tipo de atitude.
    Ele aceitou ser entrevistado, deduzo, com governante e não como marido da Céline.

    Está tudo contaminado de rosa.
    A curiosidade dos espectadores não pode ser justificação para tudo.

    O tipo é valente, determinado e ousado.
    Quem diria, virem ventos destes de França!

    ResponderEliminar
  2. Não compreendo um tipo como o Luiz Carvalho que até julgo ser uma pessoa educada pôr no seu Blog referências a este caso que só pode fazer as delícias de gente pimba e espectadores do big brother.

    ResponderEliminar
  3. Agora já começo a imaginar o Berlusconi a perguntar diplomaticamente ao Sarko , como está a Céline?
    uff! aparecem aqueles suores frios!

    ResponderEliminar
  4. É assim mesmo!
    Estes americans julgam que enxovalham tudo e todos.
    Logo eles que sao uns incultos na sua maioria.
    Têm a mania de gozar com os franceses..toma lá.vai entrevistar pra tua terra.

    ResponderEliminar
  5. Caro anónimo

    Este caso tem muita mais relevância do que aquela que lhe atribui. É um bom sinal do jornalismo dos nossos tempos, sobretudo quando estamos a falar com um programa da reputação do "60 minutos"

    ResponderEliminar
  6. a Sra chama-se Cécile. É de direita mas não tanto como o Céline ( que foi grande escritor francês infelizmente de extrema direita pro nazi )

    Quanto ao sarko foi fixe mesmo !

    ResponderEliminar