sexta-feira, julho 13, 2007

SEXTA 13 QUE SORTE !


As sextas-feiras 13 trazem sempre a dúvida: é dia de pouca sorte ou pelo contrario é um dia de bom astral e muita sorte ?

Confesso-me supersticioso e acredito no inadmissível. Não tenho explicações par tudo, nem para a origem de tudo ( quem tem ?) e há zonas que não explico mas que reconheço terem força no destino. “ que las ai las ai” ( escrevo de ouvido).

Portanto sexta 13 é para mim um dia com alguma magia.

Na frigideira do Alentejo por agora só tenho estas certezas: O Expresso fechou ontem, as moscas zombem, o cão dorme, as formigas comem-me a cozinha, a água da piscina parece o relvado do Sporting, o filho só pensa em Mc Donalds em Évora.
A manhã começou com um dumper da Junta a fazer buracos na rua, várias carrinhas com megafones de vendedores ambulantes acordaram a terra e o calor aumenta, mais do que o custo de vida, aquele que o povo não aguenta.

Passei os olhos pelo Paris-Match. A Longrovia, das Donas de casa desesperadas, tem um machão que mostra o trazeiro, a reportagem dos atentados em Londres magnífica, as fotos do Salgado no Sudão de ficar arregalado.

4 comentários:

  1. E depois o meu caro amigo anda a dar porrada nos funcionários públicos por terem pontes.
    Já viu que esta balda podia baixar o preço do Expresso em uns cêntimos.
    E cá para mim você está é a arranjar desculpa para não votar no Carmona (grande volta você me deu...)
    Vai lá, vai.

    ResponderEliminar
  2. Juntar os adjectivos "magnífica" e "arregalado" com os atentados de Londres, o Sudão e o cú do machão da Longrovia (quem?) dá um resultado assim para o bizarro...

    Não sei se foi propositado ou não mas é uma boa definição de imprensa. :)

    ResponderEliminar
  3. Resta a fotografia que ilustra este post, que é "assim p'ró engraçada...".

    pf

    ResponderEliminar
  4. Tomé Duarte:a vida é generalista. o Paris-Match, tal como a LIFE o fazia, ao mostrar as váras dimensões da vida acaba por nos dar uma visão exemplae da aventura humana.

    As fotos do Salgado são pungentes, a reportagem dos atentados profunda, a Longrovia e o namoado dão o lado fútil mas iconográfico de uma certa sociedade.

    O meu blogue não é jornalismo, portanto não tem que se regular por critérios editoriais jornalisticos. Isso é tb importante. Obrigado

    ResponderEliminar