segunda-feira, julho 16, 2007

Costa do Castelo


Insisto: as 10 medidas de Costa para Lisboa, mais parecem um rol para a mulher a dias cumprir do que o projecto grandioso de um político.

Estas medidas avulsas revelam um entendimento básico do que deve ser a governação de uma capital europeia como Lisboa. Mais nada. São soluções de lana caprina.

Costa veio anunciar um vai-e-vem entre parques periféricos e o centro a custos zero, em autocarros eléctricos ?

Não. Anunciou melhorias nos cemitérios.

Costa veio prometer uma vigilância implacável ao péssimo serviço de táxis em Lisboa ?

Não. Ameaçou os automobilistas de multas.

Costa prometeu medidas drásticas para quem abandona os prédios urbanos deixando Lisboa numa ruína ?

Costa veio dizer que Lisboa tem de ser uma cidade europeia, cosmopolita, aberta, com turismo de qualidade ?

Costa disse que ia obrigar os bares nos bairros populares a fecharem a horas decentes e que o silêncio terá de ser respeitado para com quem habita o Bairro Alto ?

O novo edil veio prometer mais parques de estacionamento, eléctricos eficazes, espaços verdes, mais Parque Eduardo VII, mais Monsanto, mais segurança ?

Costa veio falar em acabar com o escândalo social que é o Bairro do Intendente, um local em que Santana fez alguma coisa mas onde nunca se avançou para uma solução final ?

Costa faz campanha para os média, irá tomar medidas avulsas, lavar a cara a Lisboa e fará a demagogia habitual das ruas sem carros para uns papalvos andarem a passear, a ver as ruínas de uma cidade que envelheceu.

Uma cidade é movimento, confusão, barulho, arranha-céus, comércio, néons, filas de trânsito, diversidade. Vejam Nova Iorque, Paris, Hong-Kong, Madrid, Barcelona... Viva a balbúrdia urbana, o pulsar vibrante de uma metrópole.

Costa que andou de bicicleta na campanha ( mas sempre a descer !!!) devia abdicar agora do seu ( nosso) BMW 730D, um dos veículos mais poluidores do mercado, atendendo à sua cilindrada. Eu gosto, mas eu sou um reaccionário ::))

Costa deverá usar o seu Smart ( bom gosto !) para vir da sua casa na zona de Sintra para a Câmara. Quero ver.
Roseta chegará de bicicleta.
O Zé a pé.
Carmona de Vespa.
Negrão de Audi 8. ( à Santana!)

E o eleito João Ramos, o inimigo nº 1 dos automobilistas, espero que venha mesmo a pé. É que depois da sua verborreia contra os automobilistas, se vem de popó para Lisboa bem pode dedicar-se a outra religião !

Entretanto os radares de Carmona já multam que se fartam.

Costa devia ter incluído nas 10 medidas a desactivação daqueles radares. São estúpidos, são instrumentos de caça à multa. Só.

Vejam lá que na radial de Benfica ( uma recta como auto-estrada que tem seguimento numa auto-estrada) foi apanhado hoje um tipo a... 130 !

Devem estar a reinar !

1 comentário:

  1. masl por mal prefiro um Rolls Royce Corniche cabrio

    ResponderEliminar