quinta-feira, junho 28, 2007

Mega confusão no CCB

Mega Ferreira quando aceitou ir para o CCb sabia que aquilo ia ficar reduzido à exposição do Berardo. Foi essa a razão que levou o anterior administrador Frausto da Silva a bater com a porta. Quando ficou sem o Dia da Música, Mega até veio dizer que não era grave e deu uma explicação esfarrapada. Podia ter saído. Também ninguém o obrigou a ficar à frente da instalação da exposição. Aliás quem o fez na prática, e com muito bom gosto, foi o tal francês, de que não sei agora o nome. Com esta demissão dessincronizada, Mega Ferreira fica numa posição dificil e não se percebe porque aceita ficar como guardião de um Museu onde não pode mostrar mais nada a não ser a colecção do patrão que ontem disse na tv que se ele, Mega, estivesse doente...era melhor ir-se tratar. O director do CCB vai ser um cavaleiro sem montada ou um guardador de um rebanho que não lhe obedece.

Não entendo a sua posição, ainda por cima vinda de uma pessoa inteligente, independente, pese embora a grande lacuna de ser benfiquista.

Quererá ele ir para testa de ferro de Costa na câmara ? fazer o quê ? promover dias da música e abrir um Museu Camarário de arte moderna ?

A situação de Mega está tão preta como a roupa do comendador.
Nada ficará como antes em Belém.

8 comentários:

  1. É lá...! Atenção, que ser do Benfica não é uma lacuna, mas uma virtude!

    Agora, quanto ao Mega "Bandeiras" é óbvio que está lá a mais.
    Porque o "coração" de Berardo ocupa o espaço todo.
    E o Mega, segundo Berardo, nem para hastear a bandeira serve.
    Ou, então, foi esquecimento.
    Mas, de facto, é uma falha imperdoável, porque o mastro só serve mesmo para que lhe seja hasteada a bandeira ou um estandarte qualquer.
    Talvez fazer lá um ninho para a águia, como aqueles das cegonhas nos postes de electricidade.

    É claro que a coisa não é assim tão simples, sendo melhor levar isto um pouco no gozo.
    Mas, na conjuntura actual e nos próximos anos, é tudo Berardo.
    Sendo assim, Mega só tem um caminho a seguir.
    Mas, se fosse eu, até que era capaz de lá ficar a melgar o Berardo mais uns tempos.

    Porque se um tem arte, o outro também sabe ser artista. E duvido que o artista precise de ir ao médico.
    Ao contrário, o que tem arte, talvez precise de ir a umas lições de Madame Bobone.

    PS:
    (1) O Correia de Campos nem precisou de que alguém se esquecesse de hastear um mastro, perdão, a bandeira, bastando um cartaz que exonerar uma directora.
    Está lindo isto está! E ainda diziam mal dos coronéis. Estes nem de galões precisam.
    (2) Estou feliz, vamos pagar menos pela luz, que até vai dar para comprar uma... vela.

    ResponderEliminar
  2. Ó Luiz, então?!, Você anda distraído ou quê?:

    O fiscalista Saldanha Sanches chumbou, ontem, nas provas públicas para professor agregado da Faculdade de Direito de Lisboa – o último grau da carreira académica. Só os professores agregados podem ascender à cátedra, que é atribuída por vaga. Os nove professores do júri deram-lhe seis bolas pretas e três brancas.
    ...
    Estou a rir-me outra vez... Que o meu cão lá voltou a acordar.
    Bolas, o bicho não merece que o acorde com os meus ataques de riso.

    ResponderEliminar
  3. pá tou bué sastifeito pelo crâneo ( serradura) do Saldanha ter sido esmagado pelas bolas pretas do bowling doutoral da Faculdade ( fascista ) de Lisboa. Agora só falta mesmo é esmagar os crãneos ( lixo) dos que o chumbaram.Porque é que o D.Diniz quando fundou a 1ª Universidade em Portugal não impediu logo a entrada do Soares Martinez e seus sequazes ( Baltazar AntonioMarcelo Rebelo caettano de Sousa Saraiva Hermano Cardona GalvãoTelles e etc )

    ResponderEliminar
  4. Por acaso o Luiz deve ter ouvido algum zumzum da boca do Ricardo Costa sobre a próxima contratação do Costa ! Não é que o mega vai mesmo para a CML se o Costa ganhar !!! Vai pois ora perguntem lá ao mano chamussa2

    ResponderEliminar
  5. Bom gosto o franciú? pois é BCBG mas pespegar aqueles quadrecos do Pablito e do Mirónes logo ali carambas?

    ResponderEliminar
  6. "A situação do Mega está tão preta como a roupa do comendador" diz o LC, e ó malta da tertúlia fatal ele pode ter muitos defeitos, mas por vezes tem rasgos de iluminado.

    ResponderEliminar
  7. Pois é Luiz, tambem numca julguei
    possivel que Mega Ferreira de fosse
    do tipo de se acobardar como na
    questão da festa da musica.Parece
    que estes são tempos do come e baixa as calças.

    ResponderEliminar
  8. iluminado o LC que escreveu o que escreveu, o Mega esse anda ás cegas

    ResponderEliminar