terça-feira, setembro 14, 2010

Braço direito de Isaltino ferra o dente em polícia!

Poucas vezes o jornalismo tem a possibilidade de por em prática aquilo que se aprende numa escola de jornalismo: "se um cão morder um homem não é notícia, mas se um homem morder um cão é manchete!".

Ora bem: o braço direito de Isaltino Morais, um tal de Esequiel, acaba de morder não num cão mas num polícia... O pleno teria sido se tivesse mordido num cão polícia!

Amanhã pela fresca o assessor de Isaltino apresenta-se no tribunal e não vai sair de lá sem uma multa pesada. E o Tribunal de Oeiras não costuma ser brando quando se trata de agentes maltratados.

Claro que isto vai dar brado, mesmo depois de Isaltino ter vindo em defesa do seu assessor."Ele não estava de serviço!".

De serviço não estaria, mas que ferrou o dente, ferrou. E foi a doer. Se estivesse de serviço, açaimado e com trela, nada disto aconteceria. Não se sabe se estava vacinado contra a raiva!!!

2 comentários:

  1. Está tudo doido...ahahah
    Vamos ver se tem vacinas e se não vai para o canil!
    Sandra Bizarro

    ResponderEliminar
  2. A grande besta ficou aborrecido porque o polo da filha estava estacionado em cima da passadeira e foi rebocado!
    O gajo quando entrou na esquadra e do alto do seu poder exibiu logo o cartonito de alto funcionário da CMO. Que grande lata a destes palhaços ígnaros!

    ResponderEliminar