sexta-feira, julho 23, 2010

O fracasso atendível dos rapazes de Passos Coelho

Pedro Passos põe aquela voz de apresentador do Festival da Canção, põe uns óculos à homenzinho, e reunido com os seus rapazes em directa, como o fazem os calões em véspera de ponto, amanhou umas emendas à Constituição em verdadeiro estilo jerico.

O sócio de Passos naquelas empresas, que ao que parece continuam a ser deles e de Ângelo Correia, o Doctor Relvas, aparece com um ar de "entreteiner na televisão, chamando demagogos a quem considera que tirar o direito ao trabalho é uma aberração.

Percebe-se. Para esta geração degenerada do PSD o Portugal ideal seria aquele em que a lei do trabalho fosse igual à da Índia, a segurança social copiada da chinesa, as leis de segurança como as do amigo Kadafi de Ângelo Correia e os impostos cobrados como na Suécia. A educação gratuita para os indigentes, a saúde primária tolerada para os moribundos, a justiça acessível para os bandidos sem salvação e a liberdade de imprensa controlada por uma comissão que liquidaria os direitos dos jornalistas, começando pelos direitos de autor.

Hoje o dono do BES deu-se ao luxo de falar de política de trabalho, pondo em causa a relação do Banco com os seus clientes que se sentem ultrajados com estas propostas e o grande merceeiro Belmiro já veio dizer que a tal razão atendível é igual ao que está. Se é igual estejam quietinhos e desistam de despedir a sopeira! Só falta vir o grande empregador Amorim apoiar o delírio do jovem e inexperiente líder laranja.

Tudo bons rapazes! Uma sondagem soprou-lhes com vantagens perante um eleitorado desnorteado, medroso de ter de deixar ir aos centros comerciais, e eles logo meteram as gravatas de seda, óculos à inteligente e vozes colocadas num tom mavioso para pronunciarem a frase estafada do "interesse de Portugal".

Estes neo-idiotas sonham com um Portugal retrógrado, sem Estado Social, um país anterior a Marcelo Caetano, um país onde o Presidente da República despede o governo com "razão atendível" e os patrões podem despedir à la gardére.

Se esta gente rosna assim e saliva na oposição o que morderia se chegasse ao Poder?

Passos está a cometer abençoados erros. A máscara do anjolas que pedia perdão, o bom-rapaz que queria vingar o engenhocas, deixou cair rápido a personagem. Esta emenda da Constituição é pior do que os sonetos de Cavaco,e dentro do PSD já se volta a tocar a reunir! Força barões!

2 comentários:

  1. O que me preocupa para além da total falta de jeito desta maralha, é que ao olhar em redor não se vê nem uma alminha com estofo, capacidade e discernimento para não andar a dizer alarvidades às 20 em ponto!
    Mesmo que haja, todos os chupistas e mamões em redor farão secar essa capacidade em prol do tacho e dos tais interesses instalados!

    ResponderEliminar
  2. Quanto a controlar jornalistas nada melhor que o merdoso do Pacheco Pereira....
    Completamente de acordo consigo Luiz.
    Já agora ontem ,(quinta-feira)no jornal da noite assisti-mos a uns momentos de puro gozo...VIU? NÃO?
    Então não é que os Srs Salgado e Hulrich,do B.E.S. e B.P.I., SE QUEIXAVAM DOS BANCOS ESTRANGEIROS E DAS AGÊNCIAS DE RAITING???
    Eu pensava até que eles já tinham aderido ao BLOCO OU AO P.C.P......DASS!!
    Que descaramento ver o Hulriche a clamar contra o SANTANDER POR CAUSA DA PUBLICIDADE E PEDIR "AJUDA" AO ESTADO...estes tipos mereciam era uma "coisa" pelos....acima! L.R.

    ResponderEliminar