terça-feira, junho 15, 2010

Os Empatas habituais

Jogámos mal, empatámos pior. Ou se quisermos a África pariu uma desilusão anunciada.
A equipa portuguesa da Bola sofre do mesmo estigma nacional: falta de pica, ausência de táctica e um treinador que caso fosse substituído pelo Rato Mickey também ninguém dava por isso. A não ser que o ratinho levaria menos cachet do que o chamado professor.

Para quem teve os desaires antes do arranque do campeonato era previsível a habitual fézada, todos ao molhe e fé na Nossa Senhora. Os tugas continuarão a correr atrás do autocarro chamado desejo e os nossos cobres deixados na bomba da GALP alimentarão a fome de uma vitória empolgante. Atestem e acendam o isqueiro.

2 comentários:

  1. Pessoalmente até acho que o Rato Mickey faria melhor.
    É bom ver o "instante fatal" com este novo template, bem mais agradável.

    ResponderEliminar
  2. Pode ser venham embora mais cedo e assim acabam-se as vuvuzelas aqui pelo portugalinho...

    ResponderEliminar