quinta-feira, outubro 01, 2009

A brigada do reumático ou o regresso de Sampaio

Foi com o cavaquismo e seus yuppies amestrados que se criou a ideia na sociedade portuguesa que quem tinha mais de 45 anos era velho e estava pronto a ser despachado a grande velocidade para a reforma. Foi aí que começou a engordar o déficit da Segurança Social, quando meio mundo andava a sustentar o outro meio cansado.

Mas passados vinte anos, é na política que se mantém a verdadeira brigada do reumático. Os portugueses andam a sustentar uma classe política velha na idade e, pior, caquéctica e senil na forma de pensar e agir na coisa pública.

O sermão aos jornalistas no Palácio de Belém foi um pungente longo momento de desgraçada decrepitude. E vendo hoje na TV as imagens de arquivo do tempo dourado cavaquista, em que o arrogante PM dizia desejar que Soares saísse com dignidade do cargo, remete-nos para um túnel do tempo que parece não ter fim.

Há vinte anos que andamos a ser desgovernados pelos mesmos (aqui Sócrates até tem a vantagem de alguma frescura, embora já caduca) e para desgaste máximo das nossas carolas houve alguém no PS que já avançou com a ideia de jerico de Jorge Sampaio voltar!

Quer dizer: o PR que nada fez, que falava em redondo, chorava e nos chateava até ao tutano com os seus discursos, já livres dele, UFFF!, ainda os nossos filhos tinham que passar o que nós passámos com o maestro falhado em Belém. Isto só para chatear e lixar Alegre!

O regime dos marretas é a prova de que esta chamada democracia é um sistema que não responde aos interesses dos cidadãos e que é regulada por uma prática fora do tempo, das novas formas de comunicação, das novas mentalidades. A política resiste até ao último minuto a continuar com o poder dos mesmos, que não dão o lugar aos jovens e que teimam ser os únicos portugueses a não se reformarem antes do tempo. Porque será ? Porque adoram trabalhar?

1 comentário:

  1. Caro LUÍZ
    Mais uma vez aplaudo o teu discernimento, bem como a coragem de chamar às pessoas o seu verdadeiro nome.
    Eu sempre achei, até pela proximidade que tive com ele enquanto PM, que este senhor é VAZIO DE IDEIAS, é a modos que, uma marioneta na mão dos PODEROSOS DESTE PAÍS! De vez em quando resolve mostrar que existe, mas como lhe falta o jeito, espalha-se ao comprido.
    Terá pelo menos uma qualidade que começa já a ser muito rara, é pessoa séria. Ou seja, duas qualidades; pois também é propenso a deixar-se rodear de ladrões... mais ou menos como o "mitico" ALLI-BÁBÁ.
    Gaspar de Jesus

    ResponderEliminar