sábado, setembro 26, 2009

Governo faz publicidade em dia de reflexão

A máquina de propaganda do governo surpreende-me todos os dias. Há pouco ao ver televisão saltou-me um anúncio do Ministério da Saúde a elogiar o cheque dentista. Bom, se isto não é pub ao governo e ao PS é a quem ? E a Comissão Nacional de Eleições não reage? A impunidade já atingiu este patamar? Ou será que Cavaco com aquele seu ar de cara de pau, tenso, a tropeçar nas sílabas, com ar de zangado, faz esquecer a manobra eleitoral?

O discurso de Cavaco também ajuda, mais uma vez o PS. Quem vai votar na Salvadora da Pátria, o alter- ego de saias de Cavaco, depois de uma comunicação daquelas? Aquilo até assusta os putos para comerem a papa Maizena toda! Sorte malvada !!!

2 comentários:

  1. «...
    Cartão de Cidadão

    É suposto o Cartão do Cidadão substituir alguns documentos, particularmente o Cartão de Eleitor, o da Segurança Social e o Número de Contribuinte, mas a coisa só parece estar a funcionar no caso do Número de Contribuinte. Pois…!

    Há dias fui à Segurança Social e pediram-me o cartão e eu disse que (já…) tenho o Cartão de Cidadão. Pois…!, Mas não têm leitores do cartão pelo que tinha que mostrar (também…) o Cartão da Segurança Social.

    Hoje fui votar e pediram-me o número de eleitor ou o cartão e eu disse que (já…) tenho o Cartão de Cidadão. Pois…!, mas não têm leitores do cartão pelo que tinha que mostrar (também…) o Cartão de Eleitor ou passar na Junta de Freguesia para saber o número.

    Em ambos os casos mandei-os à merda. Não literalmente, mas foi o pensei quando não me resignei.

    Na Segurança Social acabaram por me atender depois de pesquisar o processo pelo meu nome e não pelo número.

    Na mesa de voto retorqui que se me fizessem ir à junta de freguesia que aproveitava o caminho para chegar a casa mais cedo, o que até é verdade porque os serviços da junta ficam a caminho de casa. Lá procuram o meu nome e votei.

    A vontade de ir votar já era pouca porque votei em branco e não fosse algum nevoeiro aqui pelos meus lados e iria mar adentro apanhar o peixe que se baldou ontem, que foi quase uma grade.

    Quer lá saber dos leitores. Um dia destes adivinho merda aí num serviço público qualquer. Porque não estou disposto a continuar com o lixo que o Cartão de Cidadão me permitiu deitar fora.

    Afinal, o Cartão de Cidadão foi feito para eliminar cartões e não para ser mais um a ocupar espaço na carteira.
    ...»

    JJ

    ResponderEliminar