terça-feira, julho 21, 2009

Pulseira electrónica estilosa


Há de vários estilos, gostos e preços. Algumas são belas peças de design com assinatura, outras vieram da loja do chinês, outras passaram de padrinho para afilhado.

As pulseiras electrónicas estão a ser um "must" nesta temporada Primevera/Verão.

Os juízes descobriram este "gadjet" para presos muito amantes de liberdade e o Estado Social empatou uns euros, nada de relevante, comparado com o orçamento destinado a alimentar malandros na prisão para se ver livre de dependentes.

Com a pulseira o preso vai para casa e a família que o sustente e que tome conta dele. É o princípio do utilizador-devedor.

Oliveira e Costa vai agora regressar ao Lar Doce Lar sem deixar de exibir a sua pulseira de estilo italiano, numa combinação generosa de tolerância democrática e sede de mais justiça.

Para os derrotistas para quem tudo está mal em Portugal, esta nova vida de Oliveira e Costa vem provar que a Justiça funciona, o simplex na Justiça está a bombar, que o ministro Costa é um must em competência, e que o BPN vai ficar para a História como uma instituição em movimento perpétuo. Grandes homens que ergueram grandes bancos!!!

Enquanto Arlindo de Carvalho, esse Cavaquista que nos andou a tratar da saúde, é impedido de falar à saída do tribunal pela firmeza do seu advogado Dr. Nabais, mas que mostra uma calma tão sólida como a amnésia de outro "companero" o também cavaquista Doutor Loureiro, enquanto a justiça se mexe, Oliveira e Costa (o secretário de estado Cavaquista que flagelava o contribuinte) reencontra a paz doméstica.

Tudo está mal quando acaba em bem !!!

3 comentários:

  1. ó amigo Luiz e quantos é que OeC chibou para ter direito à pulseirinha must deste verão ?


    não há almoços grátis, nem mesmo na Justiça...

    ResponderEliminar
  2. mario nicolau12:45 da tarde

    concordo em absoluto. Mais um exemplo tristemente português.

    Mário Nicolau

    ResponderEliminar
  3. E JÁ ALGUÉM VERIFICOU O RIGOR E DIFICULDADE DE ESTAR EM CASA COM AQUELA COISA ATADA Á PERNA? SEM SAIR? E SE TIVER QUE SAIR SEMPRE CONTROLADO PELOS AGENTES DA REINSERÇÃO SOCIAL?
    E JÁ VIRAM QUE O JUIZ FOI PRATICAMANTE "OBRIGADO" PLA LEI E PELO MINISTÉRIO PÚBLICO?
    AH POIS É

    ResponderEliminar