quinta-feira, julho 30, 2009

O autocarro escolar de António Costa

No debate de ontem na SIC entre Costa e Santana, o salvador das finanças da Câmara e actual presidente saiu-se com uma ideia genial: vai comprar autocarros escolares para as crianças de Lisboa. Ele queixou-se que não se faziam escolas há 7 anos na cidade (se não há crianças para quê fazer escolas?) e que os pais são uns poluidores compulsivos que têm a suprema lata de levar os filhos à escola de carro, em vez de usarem os choras, as bicicletas ou as patas.

Aconselhado pela sua corte de urbanistas académicos (eu conheço-os bem de 6 anos de Arquitectura na ESBAL) e como o ministro de Lisboa não dorme a pensar no CO2 da capital, o modelo de veículo para levar as poucas crianças que restam em Lisboa já existe. É este da foto.

É amarelo como os eléctricos e os bus escolares da América, não polui nem gasta gasolina no radiador (como diria o Zenha), cria um posto de trabalho e as crianças habituam-se a viajar no melhor espírito da carneirada. Isto não é choque tecnológico, é chocante mesmo!!

PS: pode ser usado no túnel do Marquês a descer.

4 comentários:

  1. não te achas ridiculo?

    ResponderEliminar
  2. Este autocarro vai ligar a Margem Norte à Margem Sul, de Paulo Pedroso

    ResponderEliminar
  3. Ladislau Dias6:17 da tarde

    Luiz:este artigo vale um poema!É pena que haja alguém que,sendo anónimo, pergunte "não te achas ridículo?"
    Realmente este energúmeno não bebeu chá em pequenino!É que isto traduz mesmo a imbecilidade deste ex-ministro de Sócrates, que, à semelhança do dito, também não teria pejo em assinar(mesmo sabendo que não eram da sua autoria)os projectos das casas da Guarda!

    ResponderEliminar
  4. o PS vai levar poucas vai... é gorverno, é camaras, é tudo. Digo eu.
    Abel Coelho

    ResponderEliminar