domingo, maio 17, 2009

McCann contra-atacam Amaral.

O ex-inspector da Polícia Judiciária (PJ) Gonçalo Amaral considerou hoje que a intenção dos pais de Madeleine McCann de processá-lo por difamação "surge num momento importante" e vai "permitir ver quem difama quem".

"Não costumo comentar notícias. Não sei se é verdade e não tenho muito a comentar. Mas este é um momento importante e vamos discutir e ver quem é que está a difamar quem", afirmou o antigo coordenador da investigação ao desaparecimento da menina inglesa, ocorrido na Praia da Luz, Lagos, a 3 de Maio de 2007.

Os pais de Madeleine McCann vão processar o ex-inspector da PJ por difamação devido às suas "contínuas e grosseiras afirmações" em Portugal e no estrangeiro sobre o desaparecimento da criança em 2007, anunciaram ontem em comunicado.

A acção judicial de Kate e Gerry McCann "em conjunto com os três filhos, Madeleine, Sean e Amelie", foi iniciada ontem num tribunal em Lisboa pela advogada Isabel Duarte, disse fonte da família./Público

Sem comentários:

Enviar um comentário