terça-feira, setembro 02, 2008

Paulo Pedroso: a primeira vitória do Processo Casa Pia

José Sócrates que manteve um silêncio de Leite sobre as últimas semanas de violência em Portugal e que o justificou por ter falado quem devia ( e não ele!) não hesitou hoje em comentar o facto do seu camarada Paulo Pedroso ir ser indemnizado pelo Estado por ter estado em prisão preventiva, de forma irregular- segundo o Tribunal Cível.

Podia ter dado apenas uma resposta formal tipo " não me meto em decisões de juízes" (como deu) mas Sócrates (o Primeiro- Ministro) não resistiu a acrescentar que "imaginam como recebi a notícia", mesmo correndo o risco, como aconteceu algumas horas depois, o Ministério Público ter anunciado que vai contestar a decisão do Cível.
Para quem achava que não havia Justiça em Portugal a prova contrária aí está. Paulo Pedroso tem de certeza toda a razão do Mundo, na mesma medida em que temos de acreditar na Justiça (temos alternativa?) e pode sentir-se hoje um cidadão de primeira. Mesmo antes das vítimas da Casa Pia terem sido justiçadas, antes dos acusados no Processo terem sido julgados, Pedroso vê o Estado dar-lhe razão.
Não podemos ficar revoltados porque o Estado cumpriu. Hélas!! Mas podemos pensar no que sentirão aqueles cidadãos que andaram uma vida a pedir justiça contra o Estado e nunca tiveram uma palavra de conforto, um tostão de misericórdia. As vítimas da hemodiálise de Évora, as vítimas do sangue contaminado no reinado de Leonor Beleza, os espoliados da Caixa Económica Faelense, os pais das crianças mortas no Aquaparque, os contribuintes penhorados sem razão pelas finanças, as vítimas da estrada que o foram por má sinalização, falta de socorro...acho que o rol de cidadãos humilhados e ignorados pela justiça e pelo Estado não tem fim.

O cidadão Paulo Pedroso é pois um sortudo. E se hoje aparece na pele do cidadão exemplar, na vítima da justiça e da imprensa, no passado acabou por utilizar a Assembleia da República para se apresentar ao país, em directo pela TV, depois de ter sido libertado da cela da Penitenciária. Ninguém de boa memória poderá esquecer esse fim de tarde de circo. Se Pedroso fosse um funcionário público, um quadro de empresa, um vulgar cidadão, não teria usado o local de trabalho para fazer um regresso apoteótico. Portanto: Pedroso não é um cidadão qualquer e por muito cínicos que queiramos ser a verdade é que a justiça não é assim tão célere para todos.

Prevemos que se os arguidos do Processo Casa Pia ganharem vão também eles pedir uma choruda indemnização ao Estado. Está na cara. Com um bocado de azar, ou sorte, ainda metem atrás das grades os putos queixinhas que andaram a espalhar a mentira, a calúnia e a desgraça em cidadãos de bem. E nem o novo código penal, que se estivesse em vigor quando Pedroso foi preso este nunca o teria sido, poderá salvar a pele desses miúdos malcriados.

11 comentários:

  1. a pedofilia é poderosa, caro amigo luiz.

    como se comprova....

    ohhhhh roménia, roménia, paraíso da pedofilia....

    ResponderEliminar
  2. A dra. Ana Gomes chamou "canalhas" a todos os que envolveram o Sr. Paulo Pedroso neste processo. Quem são os canalhas???? as crianças ???vitimas de toda esta gente poderosa?????? As mortes, os casos de negligência .... nunca foram tão bem indeminizados( os que foram) pelo estado, nem de forma tão célere. Como disse Paulo Pedroso "a justiça tada mas não falha", mas só para alguns, não é???

    ResponderEliminar
  3. Lamento que o Luiz, um amigo de quase 40 anos
    normalmente "sensato" quanto a deixar-se formatar por uma "ideia única" por um brainwashing mediático e político-policial continue neste caso lamentável de incompetência das Polícias, atropelamento do Direito Moderno (que se baseiea na prova e não na "bufaria") e noutras "pequenas" perversidades,a claudicar para o lado das trevas ( e não há flash que o valha?)
    Que se escandalize com o facto do deputado ilegalmente preso se apresente no local de trabalho onde representa uns milhares ( quiçá milhões) de eleitores que são cidadãos com boca e cu como o Luiz. E Pedroso não era o assistente do grande campeão da Segurança Social reforçada o Ferro Rodrigues? cuja sombra aos interesses ( dentro do PS sim sobretudo dentro do PS neoliberal) Se a justiça foi mais eficaz e não falhou com a indemnização a Pedroso a culpa dele ?
    Não bastou o até agora cometido erro judiciário que manchou a honra do sujeito ? Há muito que não lia este blog. O interesse é diminuto. Os comentaristas devem ter saído todos do PNR e o maestro "alegremente" gere pirosamente uma série de buracos de ozono fotográficos e alguns efeitos de estufa pseudo jornalísticos. E não é por fotografar "profiles" da Lili Caneças não! E por necessidade de sobrevivência. Lembram-se das folhas volantes (tipo jornalinhos) que os ceguinhos vendiam enquanto trauteavam letra e música dos "desgraçadinhos" ?

    ResponderEliminar
  4. Onde estavam os media quando foram pagas a indemnizações às vítimas e familiares do sangue contaminado por HIV? Essas pelo menos foram pagas, mas sei-o a título pessoal, não porque a comunicação social mo tenha informado de forma apoteótica como declarou que o sangue estava contaminado.

    Desviadas estão as pessoas da imprensa que assumiam compromissos, reviam e acompanhavam as decisões tomadas pela justiça, mesmo que sujeitas a processos judiciais.

    No caso em questão, o Casa Pia portanto, calculo que concorde com o facto de as supostas vítimas terem recebido o valor de 50 mil euros antes de o processo estar concluído.

    Gostava de conseguir entender que forças ocultas se têm movido por trás de todo este processo, jornalistas inclusos. De um dos arguidos tenho conhecimento mais ou menos directo e encontro muitas incongruências entre a acusação e a realidade.

    No que concerne a Paulo Pedroso, figura por quem nem nutro particular simpatia, quem fez o circo na AR senão a própria comunicação social, ávida de eventos com litros de sangue ou lágrimas (é indiferente)?

    Concordo que a justiça não funciona bem, mas em quantas vertentes? Há cidadãos de 1ª e de muitas outras classes, mas não estarão alicerçados, além da capacidade económica, pelos media?

    Pergunto-me também em que assentou a investigação jornalística (a policial, a resposta talvez venha – ou não – a seu tempo) que se esqueceu de falar, ou pelo menos não me recordo de alguma vez ter ouvido mencionar, no caso Outreau (l’affaire Outreau).

    Há muito mais Luiz, como certamente saberá na posição em que se encontra, e espanta-me como consegue ser tão frívolo na leitura que faz de todo este processo.

    Acredito que, se alguns dos arguidos se livrarem da acusação judicial – porque da pública generalizada, massificada pelos media, nunca mais se descolarão – para além do Estado, também alguns órgãos de comunicação social tenham indemnizações a pagar.

    ResponderEliminar
  5. Por erro, não assinei o comentário anterior

    ResponderEliminar
  6. meu caro anónimo 2 post's acima do meu, gostaria de lembrá-lo que, infelizmente, não ser condenado é bastante diferente de não ser culpado. não faço a mínima ideia se A ou B é culpado ou deixa de ser o que sei é que já me está a sair do bolso. e outros se seguem.
    ah! e não sou do PNR fique descansado

    excepcionalmente não vou assinar este post já que estou a responder a um anónimo, mas não me chamo luiz, espero também que não se chame paulo

    ResponderEliminar
  7. Acho isto tudo muito estranho então o Juiz que decretou a prisão preventiva era completamente parvo, incompetente e mal intencionado?! O Juiz deu a cara foi incomodado seguido na rua por jornalistas, escusou-se sempre à publicidade da sua imagem, ia pôr a sua reputação em risco para agora vir outro Juiz dizer que fez 'erros groceiros'. Desculpem lá mas isto não cheira bem.

    Grande abraço Luiz
    Alexandre Rainha

    ResponderEliminar
  8. maiskemaluko3:59 da tarde

    nony da 1.31, faz como os leitoes mama deitado !!!!

    ResponderEliminar
  9. Bom comentário da 1, 31. Conhece-me há 40 anos o danado anónimo, deve ter andado comigo na Mocidade Portuguesa, não ? Se não andou aí talvez no coro da Igreja de S. João de Deus, ou na de Brito. Bom coment mas o anonimato é lixado

    ResponderEliminar
  10. Se o Juiz errou , então têm que explicar que erro foi esse !!!
    Porque se os Juizes erram assim de forma tão grosseira que garantias tenho eu da competência dos Juizes em Portugal ? Nenhuma !
    E isto dará para pensar que as prisões portuguesas estarão cheias de inocentes?

    Isto poderá ser sinal de que a justiça esta a funcionar? Mandar inocentes para a cadeia?
    Voltámos à forma extranha de pensar e ser português !
    O problema é sempre o mesmo mas as desculpas e as conclusões é que serão diferentes em função das circunstâcias e o momento !

    ResponderEliminar
  11. Lamento so escrever este post agora, mas de facto, como sugere um outro confrade, a associacao PP - Roménia é por demais sinistra. Porque' este país? Qualquer pessoa que se informa minimamente do que passa por essa Europa terceiro mundista fora sabe que a Roménia é nao só o País da UE com mais baixo IDH (e quase o mais baixo na Europa em geral) mas tambem, a montante, uma origem importante e a grande plataforma de tráfico Leste-Ocidente de mulheres e criancas exploiadas dos seus mais basicos direitos, nomeadamente a posse do seu corpo.

    ResponderEliminar