quinta-feira, julho 17, 2008

Sócrates dá direitos iguais a homossexuais. Uff! Temos governo.


Os homossexuais vão passar a ter os mesmos direitos. Acho bem, só não percebo porque deve haver uma medida discriminatória positiva para este ou aquele grupo. Vivi anos acompanhado sem ser casado e nunca senti necessidade de ter um tratamento especial por isso. Não percebo o que tem a ver a orientação sexual com direitos. Mas Sócrates quando lhe cheira a modernice está sempre pronto a legislar. Já ontem o tinha escrito aqui. Se o carro é eléctrico é bom, se o tipo é gay deve ser protegido, se aquele é rico deve ser taxado, se fuma deve ser proibido...esta mentalidade fascistóide, no fundo os Salazaristas não andavam longe destes comportamentos só que em registos políticos antagónicos.
A pressão sobre o comportamento dos cidadãos por parte deste governo- os outros não andavam longe, verdade seja dita- é uma grande carga. Esperemos que qualquer dia não sejamos obrigados a pertencer a comunidades "especiais" para sermos considerados cidadãos de primeira.

4 comentários:

  1. o problema aqui é que para além deste ser um não problema e uma não questão, aquilo que eu quero não é nenhum tipo de tratamento especial como folclorizam os meis de comunicação sensasionalistas cá do burgo. o que eu quero é poder viver junto durante o tempo que me apetecer sabendo que se um dia me apetecer posso oficializar essa união e usufruiur todos os direitos que dela advêm e que o estado português lhe deu a si quando nasceu, ao passo que a mim mos tirava.

    acima de tudo, quero saber onde é que a definição de democracia diz que há cidadãos de segunda que precisam de ver as suas liberdades individuais legisladas e a sua vida privada regulada.

    ResponderEliminar
  2. e não é qualquer dia. é hoje. o meu amigo, enquanto orgulhoso macho heterossexual faz parte dessa comunidade especial dos cidadãos de primeira que têm aquele direito especial, só para exempleficar, de procriar. como se todos os homossexuais fossem estéreis.

    ResponderEliminar
  3. Claro que o snr."Engº"Sócrates está a legislar para proveito próprio. Não é?

    ResponderEliminar
  4. Esta agenda não é do socrates , mas sim de todos os governos que são controlados por outros poderes que para vocês, são ocultos:
    Este tema da promoção da homosexualidade está presente no governo do Berlosconi, Merkel, zapatero, Sarko e muitos mais, só para dar só alguns exemplos!

    O Socrates é mero executante!
    Até a Manuela Ferreira Leite, já diz que sim!

    Quantos aos direitos das relações homo e hetero, materialmente são uma miséria e não vejo como uma miséria de um direito é tão disputado, só pode ser por interesses politicos!
    No futuro muito proximo , direitos é o que qulquer um de nós não terá e esta discussão dos homeosexuais deve ser só para entreter tansos !

    ResponderEliminar