quinta-feira, junho 19, 2008

Bandeiras a meia haste, voltou a calma à Pátria

Portugal perdeu...voltou a calma e o silêncio. Despachámos finalmente o brasileiro. O russo do Chelsea que o ature e lhe pague. Era bom que a Federação da bola mudasse agora para melhor, com gente mais moderna para um futebol mais do nosso tempo.
É bom acabar de vez a vã ilusão lusa de que somos os maiores. Um país falido não pode viver à custa de miragens. Temos uma geração de ouro de futebolistas que o são graças à raça lusitana ( como diria o nosso PR!) e ao enquadramento excelente que os clubes internacionais onde jogam o permite.
O nosso Ronaldo lá fora é o Guggenheim em Bilbao, mas esse monumento na Brandoa era uma aberração. Não são os génios que fazem as equipas, são as equipas, e os seus líderes, que permitem aos génios afirmarem-se. Isto aplica-se em todas as áreas da nossa vida.

3 comentários:

  1. Acabou a palhaçada voltamos á terra e ao pais real( acabou o descanso pro socrates).E o burro finalmente vai de frosques

    ResponderEliminar
  2. Chame-lhe burro, chame...!
    O homem é mas é um espertalhão, que tem tirado umas massas valentes.
    Agora vai ganhar 130.000 contos por mês, o que é uma obscenidade...
    E um dia destes tem saudades da mulher e vai arranjar um pretexto qualquer para se baldar ao contrato e o russo ainda tem que entrar...

    "Burros" somos nós em andar a perder tempo e a gastar tinta com madaíles brasileiros.

    JJ

    ResponderEliminar
  3. Eu ficaria feliz se o Chelsea levasse também o Madail.

    ResponderEliminar