segunda-feira, novembro 12, 2007

Pinto da Costa foi ao perdoa-me

A noção de perdão, saber dar a volta a, não guardar ressentimentos é bonito e faz de nós mais cristãos. Eu que tenho por vezes o sangue na guelra, e não me contenho perante situações de estupidez, teimosia e arrogância, acabo por vir dar razão a Pinto da Costa. E ele terá de certeza razão porque é um sobrevivente, um resistente. Quem consegue estar no poder trinta anos, ainda por cima à frente de um clube de futebol cobiçado e invejado, tem de ter qualidades extraordinárias. Digo-o sem cinismo.
A gestão do poder é das coisas mais difíceis. É preciso intuição, bom senso e ter uma grande capacidade de antecipação. É fundamental ter em conta especial a entourage. O controle da matilha é o mais difícil. Eu confesso que não tenho grande jeito, como se tem visto, para líder da classe operática. Falta-me estratégia e malandrice qb. Que se dane. Ora em Pinto da Costa a coisa do poder fia bem. No poder e no outro poder, falo do doméstico, onde o nosso velhadas consegue também marcar golos, sendo que as suas guarda-redes deixam marcar penaltis, faltas, foras de jogo. O velho remata e entra o jingle:" É golo, é golo, e gooooooooooooooolo!".

A notícia de hoje do Correio da Manhã diz que Pinto da Costa antes de casar desistiu de queixas contra a mulher. Uma dúzia para ser mais barato.
Tudo está bem quando acaba em bem.

3 comentários:

  1. Do seu post retiro a frase de que «O controle da matilha é o mais difícil»

    Eu tenho um cão em casa, e já tive três, que só me obecediam a mim.
    Porque tenho e tinha poder sobre eles.
    Porque eu sempre soube controlar a "matilha".
    Digamos, então, que eu sou o mais ranhoso e que lhes mordo, apesar de ter alguns dentes postiços, ao contrário deles que, se eu não tivesse poder sobre eles, me fodiam com umas boas dentadas.

    Bem a propósito desta ideia o filme que vi ontem no DVD "oferecido" pelo Expresso, muito bem identificado por Amor Cão, que recomendo, incluindo ao Luís, por estar aqui a fazer a apologia de ranhosos.

    ResponderEliminar
  2. Ah, já agora...
    O Salazar esteve mais que trinta anos no poder e foi o que se sabe.
    Isto a propósito também da sua frase de que «Quem consegue estar no poder trinta anos, ainda por cima à frente de um clube de futebol cobiçado e invejado, tem de ter qualidades extraordinárias».

    ResponderEliminar
  3. Não há dúvidas que o LC é um lamechas!
    Papa histórias de manipulador de massas e apela ao sentido de cristão!
    Para um homem que trabalha onde se fabricam as maiores mentiras e onde se destroem as grandes verdades (c. social em geral) não tá mal não senhor!
    O Pintinho para o FCP é como o (Lenine&Trotsky) para a Russia, nasceram para o contra-poder aristocratico , muito ao gosto da famelga e da classe operaria ( bolcheviques).

    O homem ( a qualquer pode acontecer...) apaixonou-se por uma alternadeira; Ela também é uma heroina porque através do sexo oral (conforme relatado pelo LC)estava lutando pela sobrevivencia dos filhos ( os fins justificam os meios... biblico)
    Agora, o tal grande homem , sentiu-se enganado por alguns demónios libertados pelos seus inimigos e depois de exorcizado por almas amigas voltou a ser o Jorge que a Filomena conheceu!
    Filomena convencida que tudo o que aconteceu desde a sua separação foi obra de Satanás,aceita-o de braços e coração aberto.
    Desenlace mais épico não é possivel!
    Agora para isto dar a estoria do Século , era o FCP voltar a ser campeão Europeu e o LC ir tirar umas fotos com a sua G9 à taça com o dragão lá dentro a fazer chichi!
    Ai é que era!

    ResponderEliminar