quarta-feira, novembro 14, 2007

Paulo Pedroso nega manchas nas nádegas

Para ler com atenção, citando o Portugal Diário.

E no Público:

Paulo Pedroso admitiu hoje durante a sessão de julgamento do processo Casa Pia terem existido diligências de António Costa junto do antigo procurador-geral da República Souto Moura e do ex-bastonário da Ordem dos Advogados José Miguel Júdice para que fosse beneficiado no processo, enquanto arguido.

Ouvido durante o dia de hoje na qualidade de testemunha no Tribunal de Monsanto, Pedroso frisou não ter pedido a ninguém que fizesse “pressão” em seu benefício, quando em 2003, na altura vice-presidente da bancada socialista, foi indiciado no processo, do qual acabou por ser ilibado mais tarde.

Questionado por José Maria Martins, advogado de Carlos Silvino, sobre se teria pedido a António Costa para falar com José Miguel Júdice no sentido de "dourar" a sua imagem pública, Paulo Pedroso disse: "o presidente do grupo parlamentar do PS [António Costa] fez diligências junto de várias pessoas e entidades e há uma declaração de cada uma dessas pessoas sobre os conteúdos dessas conversas".

1 comentário:

  1. A justiça `a Portuguesa também é um pratinho tipico lusitano!
    A Asae já levantou 4000 processos crime e nenhum foi ainda julgado.
    Na casa pia , ainda os meus futuros netos irão nascer a tempo de acompanhar o jugamento.Neste processo , com tantas ditas provas e contra-provas, ainda andam a discutir o sexo dos anjos e as nadegas do pedroso!
    No caso Meddie, outra trapalhada!
    Vão , voltam , pensam , tornam a ir e a vir ...e nada. Nada não é bem assim! Aquilo dá muitas horas extraordinarias à Pj,honorarios valentes aos advogados,Juizes e magistrados!

    Uma coisa ficamos a saber: Foi o Sadanha que avisou o Ferro. Aquele sonso!A Morgado também já sabe que não lhe pode contar nada!
    O simões de A. também ele magistrado! Tudo sonsinhos!
    Depois vinha o souto moura, outro; a dizer que não sabia quem infringia o segredo de justiça! Tadinho do menino!
    Portugal inteiro sabe que quem infrige o segredo de justiça é a própria justiça e há muita coisa boa em Portugal , mas não há justiça nenhuma! E quem disser que há é porque não sabe o que é justiça.

    ResponderEliminar