terça-feira, outubro 23, 2007

Gageiro ganha na China


Eduardo Gageiro voltou a receber três distinções na edição deste ano da Exposição Internacional de Fotografia Artística da China, o maior concurso do mundo, dois anos após ganhar o prémio máximo, informa a agência Lusa.
O fotógrafo português venceu a Medalha de Prata na categoria «Vida Social e Costumes Populares», com a fotografia «O Rolo», enquanto «Sozinho» recebeu a classificação de «Excelente» na categoria «Cenário Natural e Ecologia», disse Chen Jing, responsável do Departamento Internacional da Associação de Fotógrafos Chineses.
Chen referiu ainda que a fotografia «O Monge» conquistou uma menção honrosa na categoria «Retratos, Moda, Publicidade, Natureza Morta e Arquitectura».
Mesmo antes de saber as categorias em que tinha ganho, o fotógrafo português afirmou tratar-se de «um prémio super-importante», realçando ser a segunda vez que concorre e o evento ser agora mais conhecido e ter cada vez mais e melhores concorrentes. «Posso morrer amanhã, que morro feliz», disse Gageiro à agência Lusa, em Pequim./ DIÁRIO DIGITAL

10 comentários:

  1. Se Eduardo Gageiro tivesse participado no actual concurso de fotografia do Expresso ainda arriscava a que nenhuma das suas fotografias fosse escolhida. Tal é o nível de qualidade das 10 fotos finalistas. :)

    ResponderEliminar
  2. isso é piada ou a sério ?

    ResponderEliminar
  3. Por pura curiosidade gostava de ver as fotos eliminadas para o concurso do Expresso.Tendo sido as que vi as escolhidas vou ali num instante e já venho.

    ResponderEliminar
  4. Parabéns e saúde ao Gageiro.

    Teria 14 ou 15 anos quando vi a série da Nazaré publicada numa revista, penso da Associação Portuguesa de Fotógrafos ou seria ANIF? Bem não importa...
    Recorda-me o que senti:"Porra, que ainda há coisas bonitas!..."
    A obra do homem não é consensual. A cada um, a sua opinião.

    Relacionado com ele tive duas tristezas no mesmo dia:
    Porque ele não apareceu, não o pude conhecer, trocar impressões e agradecer-lhe um 1º prémio.
    Soube que estava doente. Fiquei ainda mais triste.

    Não nos mostra as fotos premiadas Luiz?

    Quanto a outros concursos, o do Expresso, foi uma perda. Perdeu-se uma excelente oportunidade.
    Por um lado o regulamento (mau), por outro a colagem ao Olhares, inibiu muita gente de participar.

    Nas 10, não vejo um único retrato de Portugal.

    Para a próxima, espera-se que o Expresso peça mais e acredite nas capacidades dos fotógrafos Portugueses.

    ResponderEliminar
  5. Não tenho nada a ver com o concurso de fotografias do Expresso.LC

    ResponderEliminar
  6. Miguel Pereira9:50 da tarde

    Ao PC, que não seja bom o prémio até aceito. agora dizer que nenhuma retrata Portugal é uma inverdade!
    A foto do banho Santo é um retrato bem português que liga a nossa grande tradição marítima com um ritual secular! De resto também penso que a qualidade geral deixa muito a desejar, mas não deixa de ser verdade que demonstra um certo interesse do publico Português em geral, na fotografia em particular.
    Luiz faça você o que mais ninguém fez hoje, mostre um pouco mais do trabalho do Gageiro, ainda para mais quando se reconciliou muito recentemente com o personagem!

    ResponderEliminar
  7. E bem que pode estar feliz por isso.
    Para uma próxima dê a sua opinião, seguramente esta será ouvida.

    ResponderEliminar
  8. Miguel,
    Eu não referi nada acerca do prémio. Uma publicação de fotos no Expresso seria para mim um prémio bem satisfatório. O regulamento é que não está à altura do prémio. Pedia-se mais.

    A foto do banho retrata uma tradição, seguramente não um país.
    Mostre a foto fora do concurso e a ninguém ocorrerá Portugal. Mostre as outras e sucederá o mesmo.
    Quanto à qualidade, estamos em acordo.

    ResponderEliminar
  9. só de pensar no BES foto até tremo, as pessoas só gostam de merda, volta joel peter witkin



    wwww.motoratasdemarte.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Miguel Pereira11:00 da tarde

    Pc;
    Peço desculpa, mas na realidade li na diagonal e precipitei-me no comentário,retracto-me e peço desculpa.
    Por certo, por conhecer o autor da foto (garanto que um grande fotojornalista Português) me deixei envolver de forma não racional. Ainda assim não concordando totalmente com a sua opinião percebo o critério.

    ResponderEliminar