sábado, agosto 25, 2007

Luis Filipe Menezes apanhado no copianço

Como não há-de Sócrates sorrir ? Com oposição desta até o Pateta era líder da maioria. Citando o Público:

O blogue de Luís Filipe Menezes é feito por um dos seus assessores, afirmou ontem ao PÚBLICO António da Cunha Vaz — da agência de comunicação que foi contratada para fazer a campanha do autarca de Gaia para a liderança do PSD —, a propósito da notícia do PÚBLICO que revela que o presidente da Câmara copiou, sem referir a fonte, artigos nomeadamente da Wikipédia sobre Michelangelo Antonioni, Bergman, sobre Hiroshima e sobre Miguel Torga.

O mesmo responsável, admitindo os erros de não citação das fontes dos textos nele contidos, afiançou que se trata de um "blogue pessoal" e não de um blogue do candidato à presidência do partido social-democrata, que Menezes já tem há muito tempo.

Não foi contudo explicada a aparente contradição de Luís Filipe Menezes ter um "blogue pessoal" que é gerido pelo assessor. Nem tão pouco o facto de os artigos sobre Miguel Torga, Michelangelo Antonioni, Ingmar Bergman e Hiroshima terem sido copiados de outras fontes, sem que a sua origem apareça referida.

No final dos textos em causa, surgia até ontem ao final do dia a frase "Autor: Luís Filipe Menezes", que entretanto foi alterada para: "Publicado por Luís Filipe Menezes".

Por outro lado, o blogue em causa é apresentado no Google como o "Weblog do candidato à Presidência da Comissão Política Nacional do PSD".

Em declarações à Lusa, uma fonte da candidatura desvalorizou os lapsos noticiados pelo PÚBLICO na sua edição de hoje, referindo que "o problema ocorreu com dois textos em que, por lapso, não foi identificado o sítio de onde foram retirados". A mesma fonte acrescenta que "quem lê esses textos percebe percebe perfeitamente que não são da autoria de Luís Filipe Menezes".

"Autor, não se refere à autoria do conteúdo mas sim à autoria da postagem ou publicação"

Já a meio do dia de ontem foi enviada pela Cunha Vaz Associados uma nota à comunicação social, de 32 linhas, onde se refere que "o blogue pessoal" "não é da candidatura, nem da campanha, e que existe há mais de dois anos", tendo "publicados posts que não são da autoria de Luís Filipe Menezes".

Os assessores de Menezes passaram a ideia de que os artigos, não sendo da sua autoria, foram publicados por ele, remetendo para a indicação "Publicado por Luís Filipe Menezes". Sucede que esta indicação resulta de uma alteração feita depois do PÚBLICO contactar um assessor da sua candidatura à liderança do PSD. Até terça-feira à noite, todos os textos referiam "Autor: Luís Filipe Menezes".

Na nota enviada às redacções alega-se, todavia, que "na blogosfera, o termo autor, não se refere à autoria do conteúdo mas sim à autoria da postagem ou publicação". Acrescenta-se ainda que, apesar do lapso, houve "boa fé", uma vez que"é visível" a "colocação entre aspas dos textos que motivaram a notícia" do PÚBLICO. Ao contrário do que refere a agência de comunicação de Menezes, contudo, nenhum dos textos referenciados como tendo sido copiados estava entre aspas.

6 comentários:

  1. a Oposição ao Governo PS são o PArtido do Desemprego, que tem cada vez mais militantes; O partido da Euribor que não para de subir e o Partido da Inflação que está ser apoiado pela OPEP e pelo Mr BUSH.
    Os outros partidos em portugal são como os futebolistas do tipo "brinca na areia" : fazem muitas fitas,perdem muitas vezes a bola e não marcam golos.
    Em 2009, até pode ser que o PSD ainda esteja de pé ! Mas se as coisas correrem bem a Roseta e a Carmona em Lisboa e se o Manuel Alegre não se espalhar ao comprido, podem aparecer partidos novos avolta destas cabeças ( estou considerando que o Santana já arrumou as botas )!
    E ai o Ps ganhará outra vez mas sem maioria e então teremos mais espectaculo na asembleia ! Mais queijo limiano!

    ResponderEliminar
  2. Será que o menino Menezes também se licenciou na UNI tendo o menino Morais como professor?
    O mesmo estilo do “Inginheiro”, as mesmas desculpas esfarrapadas…

    ResponderEliminar
  3. Luís Filipe MeneZes!

    ResponderEliminar
  4. Quando me lembro de ver ao fim da tarde, há uns anos, o LFM com o PSL na Figueira da Foz, quando este último conseguiu emprego naquela cidade, quando me lembro da atitude do LFM nas críticas que tem feito a LMM, dizendo hoje uma coisa hoje e amanhã o seu contrário (o blog Bloguítica desmonta muito bem o que estou a dizer, é só lá ir ver), não consigo acreditar que LFM seja uma alternativa credível ao actual líder do PSD.
    Não passa de um populista sem ideias consistentes, ou melhor, com ideias feitas e que não dá nenhuma garantia de vir a ser um possível primeiro ministro competente.
    Não passa e um PSL rebuscado, para pior, o que é muito mau, porque ser pior que o PSL já é muito difícil.

    ResponderEliminar
  5. mami sousa6:27 da tarde

    js(d)igo-lhe que tem comentarios de razão! é por isso que não lhes pago as cotas enquanto por la andarem os lmm os lfm os psl ou as hlc o meu não apanham! o meu corte foi abrupto não alinho com os desalinhados e oportunistas dos noias dos plagios dos santanetes ou as pirosas tias de algés.... cruzes canhoto eu vou fugir para a ilha....eu quero fugir.... loll

    ResponderEliminar
  6. O que a gente precisa é de homens que chorem para a familia a aluguem quartos no Ipanema para as meninas!força LFM

    ResponderEliminar