quinta-feira, junho 14, 2007

Tomtom


O GPS manda-me seguir para uma auto-estrada que não conhecia. Fico mais tom-tom do que o brinquedo, que só agora descobri, e que me guia para todo o lado com uma voz feminina de fazer irritar a minha mulher. Compreendo-a perfeitamente.

O GPS e a sua voz cava e sensual vai resolver aquele problema crónico familiar, comum a todas as famílias, que é o de as mulheres nunca saberem ler um mapa e mandarem virar à direita uns quilómetros depois do cruzamento passar. Sorry...

Assim descobri a nova entrada de Lagos e a nova Lagos. Aquilo era uma cidadezeca agora é um centro urbano com boa arquitectura, vida cosmopolita. Gostei. A Praia da Luz ali tão perto é agora um sitio sinistro, com um emaranhado de ruas e casas, um labirinto propicio a crimes. Pelo menos a nossa imaginação acaba por ser induzida em imaginações perversas.

Por falar na Praia da Luz: o The Times veio comentar o facto de os agentes da PJ demorarem duas horas a almoçarem e rebaterem a refeição ao quadrante com whisky. Não sei se será de criticar. Os jornalistas também adoram gastar horas a jantar e não é por isso que fazem piores jornais. Também já vi dois agentes da GNR-BT montados em duas BMW e a beberem tintol num restaurante à beira da estrada 125. E juro que beberam muito pouco. O problema é que um verdadeiro motard não bebe pouco, não bebe pura e simplesmente. Questão de principio e de estética.

Alexandre Pais, da Sábado, veio logo escrever em defesa dos PJ. Homem tenha calma ! Eles ainda não precisam de defesa.

Por Sábado: o director veio comentar a entrevista de Soares ao Expresso dizendo que o que ele disse era perigoso para a esquerda, porque defendeu o Chavez e o Lula. Ou ele não sabe ler ou está de má fé. Eu assisti à entrevista e li-a e o que lá vem é uma critica a Chavez e a Lula ao ponto de gozar com o abraço ao Bush e de achar que os sindicalistas acabam sempre a engraxar o patrão.
Mas parece que a Sábado se chateia quando se bate no Bush. Ainda ? Estão um bocado off...

1 comentário:

  1. E o Soares não fez também uns jeitos ao Kapital...aliás na tradicional da mais legítima social democracia? Justamente a única que conseguiu fazer cooperar nem sempre harmoniosamente é certo alguma democracia social com alguma democracia política. Direitos Liberdades Garantias etc
    De resto Monarquia Comunismo Nazismo Fascismo Islamismo, Cristianismo ahahaha etc tiveram resultados bem sanguinolentos

    ResponderEliminar