domingo, junho 04, 2006

Whashington Post despede 70

A crise do jornalismo escrito não se manifesta só em Portugal. Podemos até dizer que essa crise de leitores ainda não se manifestou com a evidência com que se tem sentido em países como os Estados Unidos.A última notícia muito preocupante é de ontem e anuncia que o Whashington Post acaba de negociar a saída de 70 jornalistas do seu quadro. São editores, fotógrafos, colunistas, repórteres decanos. A realidade é dura: as tiragens não param de descer e o aumento que houve na audiência online, com receitas significativas, não chega nem de longe para cobrir os constantes aumentos de custos da produção da edição em papel.
Preocupante. Era bom que tirássemos por cá conclusões enquanto é tempo: porque andam os leitores afastados dos jornais, como reconquistá-los e a que preço. Estaremos a fazer os jornais que os leitores querem ?

6 comentários:

  1. Preocupação foi a minha primeira reacção a esta notícia.(Quando acontecerá isto em portugal?)

    Quanto à pergunta final, não me parece que estejamos a fazer os jornais que os leitores querem.

    Pergunto: alguém sabe que tipo de jornais são? então que divulgue a formula mágica, que os jornais por todo o mundo precisam dela.

    E ainda uma segunda pergunta, devem os jornalistas sucumbir à tentação de publicar o que o leitor quer em detrimento do que deve ser publicado?

    ResponderEliminar
  2. Olá Luis, o que tem a dizer sobre o mais que provavel desaparecimento do C.P.F.?Era bom como fotógrafo saber o que pensa deste assunto . OBRIGADO

    ResponderEliminar
  3. Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
    »

    ResponderEliminar
  4. Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
    »

    ResponderEliminar
  5. Hey what a great site keep up the work its excellent.
    »

    ResponderEliminar
  6. I find some information here.

    ResponderEliminar