sexta-feira, maio 19, 2006

Narcisismo-mirandismo ou talvez não


Sei que pode ser narcísico ( apesar de nunca se poder confundir com o Narcisismo-mirandismo!) esta minha postagem. Mas, na verdade sinto um pouco de vaidade e orgulho com o Prémio Convergência que me foi ontem entregue pela mão do Dr. Francisco Balsemão,mais aos meus dois colegas da Visão e da Sic, Manuel Barros Moura e Ricardo Rosa.
O Prémio Convergência foi criado há dois anos pela Impresa com o intuito de premiar o melhor trabalho jornalístico dentro do grupo, feito com o espírito de aproveitar sinergias. Tem tudo a ver com a nova cultura multimédia e com o caminho a desbravar no sentido de encontrarmos novos públicos ( mais jovens porventura) e de ancorarmos os leitores fíéis.
O prémio a nós três ficou-se a dever ao trabalho "Mais Autárquicas", um portal da Impresa, um agregador que contemplava o melhor dos sites do Expresso, da Sic e da Visão.
Foi a primeira experiência deste género feita em Portugal entre três jornais online, sem receio de concorrência nem de canibalização. Correu muito bem, e co muita audiência, experiência repetida com o "Mais Presidenciais" e em breve com "Futebol total".
Ganho o prémio pela segunda vez, o ano passado passei à final com uma reportagem multiplataforma (vídeo, fotografia e texto) feito para o Expresso e para a Sic, na China, então acompanhado pela Catarina Carvalho também premiada.

Gostei muito de ouvir as palavras do Dr. Balsemão quando afirmou:" a internet é uma nova linguagem, onde o vídeo e o aúdio terão de ter uma forte presença". Não posso estar mais de acordo. Quem não entender isto e achar que o jornalismo online tem de ficar refém do papel não entende nada.

2 comentários:

  1. Parabéns, Luiz. Prémio merecido.

    ResponderEliminar
  2. Foi merecido.
    Acompanhei, do lado de cá esse projecto e gostei do que ia vendo.
    Bom trabalho.
    Paulo Sousa

    ResponderEliminar