sábado, dezembro 04, 2010

Cavaco adivinhou tudo há 7 anos! Não fosse ele um economista!

Parece que há 7 anos Cavaco Silva já tinha previsto os negros dias de hoje. Não se trata de quiromânçia política nem de nenhum dom extraordinário que o ainda Presidente da República tenha acabado de descobrir. No fundo Cavaco é um professor de economia, e os economistas têm todos  as receitas para salvarem o país... só que nunca conseguiram salvar o País!  E até o ajudaram a afundar quando exerceram o Poder.

Lembremos algumas medidas do então primeiro-ministro Cavaco Silva:

Foi o primeiro a criar as nefastas parecerias público-privadas. E fê-lo dando à Lusoponte a gestão da Ponte Vasco da Gama e como brinde a Ponte 25 de Abril. O buzinão que ia fazendo de Cavaco Silva o Acabado Silva foi precisamente gerado pela onda popular contra a medida da Lusoponte de querer portajar a 25 de Abril pelo mesmo preço da Vasco da Gama.

Cavaco que introduziu na Função Pública o conceito de promoção automática na carreira, e que deu aos professores benesses nunca antes tidas e fez de cada burocrata um funcionário a progredir, mesmo que fosse uma perfeita nulidade.

Foi Cavaco que fomentou a paranóia de qualquer teso comprar casa própria, tendo feito de cada português um proprietário, refém toda a vida dos juros oscilantes dos bancos, com um garrote no pescoço sempre pronto a apertar.

Cavaco acabou com as pescas, a agricultura, e ajudou a liquidar as pequenas e médias empresas.

Cavaco lançou na sociedade a ideia de que quem tinha mais de 45 anos era velho para trabalhar e começou a permitir reformas aos 50 anos sem penalização. Assim permitiu que as grandes empresas, nomeadamente a banca, se tivessem visto livre dos trastes e daqueles que tinham experiência, competência e ética. Um país de reformados.

Mas se Portugal se transformou nos anos do cavaquismo num grande jardim de reformados a jogarem à sueca, foi também o berço dessa geração de gente como Dias Loureiro, Oliveira e Costa, só para citar os protagonistas de um dos maiores escândalos da banca.

Cavaco foi Ministro das Finanças, Primeiro-Ministro e Presidente da República durante quase 20 anos. Parece que desceu agora à Terra e que esteve sempre no Céu abençoando um país tresmalhado.

Depois destes anos todos no Poder regressa com a mensagem que todos o conhecem e que todos podem confiar nele. A estratégia eleitoral é boa e a equipa de Cavaco é de uma eficácia e profissionalismo totais. É aliás tão boa que não se sente, nem se vê.

Insistir no papel de salvador da Pátria, quando já nada há para salvar parece, no mínimo, um atestado de indigência aos portuguesinhos. Embora eu ache que eles merecem. Aí concordo com Cavaco.

6 comentários:

  1. Não possso concordar consigo. São várias as inexactidões aqui apontadas ao Presidente Cavaco Silva, que qualquer raciocínio posteriormente fundado nessa matéria é lógicamente incorrecto. Aliás, mais uma vez denoto que a campanha socrática contra os professores surtiu o efeito desejado de inveja, particularmente em si. Acha que são muito bem pagos? Pois bem, só um apontamento, mais de 80% dos professores têm mais habilitações do que o seu primeiro-ministro, mais habilitações do que os membros do conselho de administração da RTP, mais do que o senhor Armando Vara, mais do que alguns secretários de estado, etc. Isto tudo para quê? para ganharem 1225 euros líquidos ao fim de 15 anos de ensino!! Não se deixe influenciar pela politica socretina de dividir as pessoas achando que os outros são necessariamente mais bem pagos que aquilo que mereciam. Pense mais um pouco por si.
    Só mais uma coisa, chega do "cliché" do povo ignorante. É a democracia. De todos os sistemas politicos é o menos mau.
    Mas se com Cavaco Silva os trabalhadores ganharam direitos, com José Sócrates
    perdeu-se tempo,
    perdeu-se liberdade,
    perderam-se valores
    perdeu-se qualidade de vida,
    e inclusive, perdeu-se o direito à vida.

    ResponderEliminar
  2. Foi 10 anos PM de 1985-95 e só à sete é que este oráculo nos tenta guiar? Se a carneirada o eleger outra vez até 2015 vai arrecadar mais €1.189.020,00 e continuar com viagens grátis para toda a família e amigos... Grande estadista este Aníbal, que ganhou 147,5 % com as acções que comprou da SLN e que num ano tiveram este lucro pago pelo BPN... Se ficasse na Argentina, a mostrar o Mar del Plata à Cavaca e aos netinhos, o dinheiro que Portugal ia poupar! E era mais seguro... pois não passava por Camarate!
    VMM

    ResponderEliminar
  3. Então eu vou-lhe dar uma exata,relativa ao sr Silva tá bem?CP,sabe o que é?Eu explico-lhe. eu estive em casa de um Alto funcionário desta Empresa do Estado. Homem das Beiras, (cartãozinho laranja, anos 90) e sabe o que ele nos contou, antes do jantarinho? Sabe?Pois, com o maior á vontade que, já tinha mandado para casa mais de dois mil....e, com todo o cinismo, me disse que, quem não assinasse , ia parar atrás de uma secratária a coçar a micose!!!Sócrates fez muita merda e nem vale grande coisa, mas o pior é fingirmos que não temos memória. TÓPAS? O sr. Silva é, quer se queira ou não, o PAPA do monstro....e muitas mais poderia contar o que detesto é esponjas e lavadeiras...... Luis Reis

    ResponderEliminar
  4. TOCA A FINADOS... E O POVO NÃO OUVE OS SINOS...

    ResponderEliminar
  5. Bem sei que Trabalho é Trabalho e Conhaque é Conhaque... Mas, caríssimo Luiz Carvalho, espero que com a oportunidades que tem de regularmente fotografar o PR e a 1ª Dama, tenha a coragem de lhe dizer na "lata" o que por aqui vai dizendo amiúde...

    ResponderEliminar
  6. Passa aqui em claro a maior asneira do bacoco de Boliqueime. Eu acrescento:
    Cavaco PM recebe da CEE a incumbencia de reduzir a inflaçao. O inepto professor de Economia envereda pelo caminho mais fácil: sobrevalorizar a moeda. 1 USD, até entao a valer 185$00, passa rápidamente para os 140$00 e chega aos 123$00 em 1986!!! Brilhante mas... e as exportacoes portuguesas??? Ainda hoje nao recuperaram totalmente da decisao do labrego...

    ResponderEliminar