domingo, fevereiro 07, 2010

O Watergate também foi uma ilegal calhandríce


Estou com uma tele-objectiva à janela de minha casa. Quando aponto para o apartamento em frente um homem espanca uma mulher até à morte. Fotografo e divulgo as imagens ocultando o rosto da vítima mas provando quem é o agressor. Um agressor há muito suspeito da polícia.

As fotos permitem a prisão do criminoso, mas a polémica está instalada. O primeiro-ministro acha que isto é jornalismo de buraco-de-fechadura, o seu clone diz que não passa de uma calhandríce, o ministro da defesa fardado grotescamente diz que é uma calhandríce, o ganda Lello repete calhandríce, La Chien abana a cabeça que sim, o director do JN recusa-se a publicar as fotos se não apresentar os negativos originais (embora sejam fotos digitais), o magnifico conselho de redacção do JN, guarda avançada que garante a liberdade de expressão no jornal do Norte, diz que está de acordo com o director (é para isso que serve um CR democrático e responsável), e uns tantos jornalistas que opinam muito mas que nunca levantaram o cu da secretária para fazerem uma reportagem (e que acham que a reportagem é um desvio perverso do turismo paradisíaco) vieram em defesa da não-publicação das fotos, porque eram ilegais e punham em causa a privacidade do criminoso.

Esta gente que também está contra a divulgação da calhandríce organizada de um núcleo de socialistas que teriam como objectivo o ataque final à TVI, para reporem a verdade democrática, devem achar que o Caso Watergate foi uma vergonha jornalística e uma ilegalidade lamentável. Uma coisa de débeis mentais que deveriam ter sido metidos no manicómio pelo incompetente do Nixon.

Na verdade estamos todos a começar a precisar de tratamento urgente. Choques eléctricos mesmo. Pode ser que acordemos.

2 comentários:

  1. Muito bem Luís.
    Concordo totalmente contigo.
    Pela bitola dos sócretinices o 25 de abril foi uma ilegalidade monstruosa

    ResponderEliminar
  2. Acho que as contrapartidas do Magalhães na Venezuela incluem no "pacote" uns workshops de "press control" do Amigo "Huguinho" (sou só eu a expecular!!!...) "Expeculemos" enquanto não fazem uns "Acordos Magalhânicos" na China, Irão ou outro qualquer sítio "Democrático" e aí, nem o "Santo Google" se vai safar, ehehe...

    ResponderEliminar