terça-feira, setembro 29, 2009

CAVACO COMENTA, LOGO EXISTE


O que mais gostei na comunicação do Presidente Cavaco não foi mostrado ao país.Um técnico de Belém aproximou-se do micro, antes da comunicação, e começou a dizer: " Alô! 1,2,3,4,5, ESCUTO!". Foi genial!...

Depois o novo Assessor de Imprensa avisou que às 20 horas e 55 segundos o Presidente começaria a falar. Pelas minhas contas entrou 1/125s antes mas como era a minha velocidade de obturação, criou essa "decálage".

Tive imensa dificuldade em apanhar uma expressão serena do Presidente, o que seria mentira pois o discurso, ou melhor, o encontro com a comunicação social, decorreu numa tensão ao segundo. Tipo: será na frase seguinte que é largada a granada? Jamais!...

Ouvido mais tarde em casa no remanso do sofá, entre o bruá da PSP do meu filho, o ladrar do cão e um gosto saboroso a café, confirmei que o que tinha ouvido em Belém era, afinal, o Presidente (eleito, nosso!) a armar-se em Pacheco Pereira versão iniciado, a fazer comentários políticos, a dar opiniões. Quem sabe um futuro membro da mesa mais inteligente do país, a Quadratura do Círculo? Aliás o seu discurso, perdão conversa com a imprensa, não passou de uma quadratura do círculo, logo sem solução.

Já tínhamos um lote lotado (!) de bitaiteiros, só nos faltava um Presidente que nos atrasa o jantar para nós sabermos o que ele pensa da novela das escutas, o que aliás já sabíamos e nunca quisemos crer que ele fizesse tanto suspense para ouvirmos mais uma opinião.

Cavaco pode ser bom a fazer de Cary Grant, mas péssimo a fazer de Hitchcok!!!

O povo queria provas, impressões digitais, fotos proibidas, sons arrastados, um dvd tipo Freeport, nomes, horas, mais e-mails, micros debaixo do chão, micros na colher da sopa, na orelha do motorista oficial, entradas no site da Presidência, Fernando Lima disfarçado de cubano na Madeira ao lado do olheiro de Sócrates ! Nada. Belém pariu um rato.

Claro que depois da vitória trágica do PS, Cavaco tinha de vir lembrar que existe e que estará ali para o que for preciso (e se for caso disso pode até fazer análises políticas). Marcou terreno e abriu as hostilidades para os dois anos que se seguem. Só lhe faltou dizer que é apenas um professor de economia e que detesta políticos.

Deixou no ar a ideia que o seu e-mail é vulnerável. Todos o são. Até os do FBI, da Casa Branca, do Pentágno. Ainda considerou que desconfiar de alguém não é crime...O Mundo está perigoso Presidente Cavaco! Safa!...

4 comentários:

  1. Luís concordo com a análise, relembrando que Cavaco Silva tem memória curta. Então não era ele como Primeiro Ministro para quem todos os demais eram força de bloqueio??? O próprio Presidente à altura, o Tribunal de Contas, SAFAAAA disse ele uma vez para os deputados que lhe pediam explicações.
    Para mim fica mal na fotografia, não esclarece nada e até acha bem que um assessor dele faça o programa do PSD.
    Se temos um país como temo porque haveríamos de ter um Presidente melhor???

    ResponderEliminar
  2. Nada de especial... cascou um bocadinho no PS, para depois TODA A GENTE cascar nele. Desde partidos a analistas/comentadores. É que nem o PSD deixou de cascar no PR. O cavaco deve estar muito "malzinho" por estas horas.
    Deixo aqui o conselho para que o senhor presidente instale um anti virus e uma firewall no seu pc, ou então que encomende um magalhães ao sócras. Com os erros de gramática e problemas que tem dado, qualquer hacker fica confuso e acaba por desistir de tentar lá entrar!

    ResponderEliminar
  3. Foi uma demonstração da profundidade intelectual e analítica do Sr. Silva.

    Portugal no seu melhor...

    ResponderEliminar
  4. O que é preciso fazer para demitir um Presidente que está senil?

    Temos que o gramar até ao fim?

    ResponderEliminar