segunda-feira, agosto 10, 2009

A Joana Amaral Dias do Ferreirismo-Leitismo

Hoje em entrevista a Mário Crespo (finalmente regressado de férias!) Maria José Nogueira Pinto (MJNP) tentou explicar o que não se explica, mas que toda a gente percebe.

Isto é: ela sabe, que todos sabem, que ela sabe, porque aceitou a o convite de Manuela Ferreira Leite para quarta na lista por Lisboa. E que todos sabem, porque fez elogios rasgados a António Costa, ainda o seu arqui-inimigo Santana não era dado como putativo futuro presidente lisboeta.

A Zézinha- como é conhecida nos meios da política- nunca brincou em serviço e sempre teve um talento especial para estar junto de quem está a dar. Ela própria o confessou a Mário Crespo, quando deixou cair que até tinha gostado da primeira parte do mandato de Sócrates, isto no meio de um arrazoado de palavras ditas em turbilhão, usando aquela técnica de não parar de falar e de não deixar acabar as perguntas para seguir em fuga.

Para esta Joana Amaral Dias em versão consumada e do PSD, o que a levou a aceitar o convite de MFLeite foi um imperativo nacional. Párem as máquinas portugueses! Se a sua candidatura não avançasse estaríamos todos em risco. É ela que vai salvar a Pátria do desnorte socialista com a mesma veemência com que mandou fechar o velho Estádio do Sporting, quando era sub de Santana, temendo que a velha pala desabasse em cima do leões.

Sempre foi contra o centrão, mas hoje na SIC-N foi avançando com propostas de acordos pontuais, negociações nos Passos Perdidos...Zézinha volta à política, sem lugar no partido de Portas, depois de goradas as hipóteses de aparecer ao lado de Costa. Imaginem o que era uma campanha com Roseta à esquerda, Empata Fernandes ao colo de Costa e Zézinha à direita!!

Eu pagava para ver, mas aquele bom povo de esquerda, que o PS quer aliciar, batia à sola perante a ex-CDS e ia votar em bloco no Bloco.

O que é chocante no discurso justificativo de MJNP, é o sermão sobre ética, transparência e a verdade que devem voltar à política. Crespo deixou-a falar e depois atirou-lhe com o António Preto e a Helena Costa. A resposta foi genial: não sabia que o homem da mala e do dinheiro vivo estava na lista! Mas se tivesse sabido avançava. Isso já calculávamos. Mas desdramatizou: não conhece o caso em pormenor e não se vai meter onde não é chamada. Ela nem é do PSD! Está ali como elemento da diferença, como o outro ex-BE que está nas listas do PS !

Quem pode votar no PSD depois destas declarações de...princípios? É por estas, e por muitas outras, que eu por muito que me esforce (e treino mesmo!) não consiga votar na direita.

Eu até queria, mas esta gente não mata. Mas desmoraliza definitivamente.

2 comentários:

  1. Eu não queria deixar de tirar um voto ao pinócrates, mas cada vez mais me inclino para votar em branco. Nenhuma desta gente tem uma pinga de vergonha!

    ResponderEliminar
  2. É pá, e não se arranja um lugarzito para a MANA da SRA???Tá assim pró velhote, mais rouquita,
    mais histé...ops,mas ainda é muiiiito válida e tem muitas jantaradas para influen...ops OFERECER
    Siga a dança...vai ser um fartote.L.R.

    ResponderEliminar