terça-feira, junho 23, 2009

KODACHROME ACABOU


O Kodachrome morreu hoje. Fazia 79 anos. A emulsão em película mais mítica e perfeita de toda a história da fotografia a cores. Usei-a poucas vezes: era demasiado cara e era preciso enviá-la pelo correio para a América ou Suíça para o podermos ver passadas 3 longas semanas. Mas depois de chegar o resultado era compensador: cores saturadas, definição, um grão que tinha uma textura poética e única. Filmei com a minha primeira câmara de cinema, uma Beaulieu (na foto) em Kodachrome( Peço desculpa por não ter começado pelo telemóvel!!).

Era a película de eleição da National Geographic e foi com ela que Steve McCurry fez o célebre retrato da Menina Afegã.

É o fim de um mito e é uma profunda tristeza para quem acredita na fotografia na sua mais profunda e autêntica essência. Digo isto com à vontade, pois sou um adepto do digital. Hoje é como se os carros a gasolina de motores 6 cilindros acabassem. Lá virá o triste dia.

1 comentário:

  1. Tenho dois cartuchos destes esperando para serem revelados já fazem uns 15 anos. A dificuldade de se encontrar um serviço adequado no país e o alto custo diante da insegurança que tenho, afinal, sairão ou não as imagens que filmei? Isto seria um luxo que ainda não posso bancar, embora tenha filmado algumas pessoas que já se foram deste mundo, seria emocionante assistir tais frames. Enfim, esta sua Beaulieu é maravilhosa, meus parabéns! A motivação para o fim da Kodachrome seria talvez o impacto ambiental causado pela existência de mercúrio cromo em sua produção? não estou certo se usavam este componente.

    ResponderEliminar