sexta-feira, agosto 08, 2008

Quem sabe, sabe e no assalto ao BES a PSP é que soube


Uma das fotos fantásticas do DN que não mencionam o nome do fotojornalista!

Foto de Paulo Spranger (post 24 horas depois)

O assalto que fez reféns e paralisou Lisboa acabou às 23 e 20. No noticiário da Uma da manhã na SIC N viram-se alguns segundos de imagens. E mostraram sim uma excelente foto do DN. O Público dá-se ao luxo de nem sequer publicar amanhã na primeira página uma foto do acontecimento, embora escreva que se viu na televisão.

Parece que quem soube fazer bem o seu trabalho foi a PSP: 3 balas libertaram os reféns, liquidaram um assaltante e puseram KO o segundo malandro. Até o Ministro da polícia veio elogiar a corporação vestindo um colete reflector para quando se tem um furo!! O ministro pode não ter o sentido do ridículo mas teve um grande sentido jornalístico do directo.
VER AQUI DIRECTO DA SIC N ÁS 23 e 20

45 comentários:

  1. Até agora não entendi a necessidade de abater um assaltante e ferir outro!? Pois vi nitidamente pela TV que eles estavam preparando-se para liberar os reféns e se entregarem,sei que estavam cometendo um ato criminoso, só acho que nada justificava tirar-lhe a vida.Os direitos humanos deveria instaurar uma investigação para apurar os factos na íntegra! Marci Mara Maciel Boese

    ResponderEliminar
  2. Para: Marci Mara Maciel Boese
    Pois é Marci..devo supor que sejas brasileira...e como tal nao compreendes o que se passa em paises civilizados e com bons costumes como é Portugal,país este sim civilizado, que cultiva ha muito mais tempo que o vosso pelo o direito á vida. O que eu "vi" pela TV foi dois malandros a ameaçar a vida de outras duas pessoas indefesas com uma arma de fogo, e neste país, pertencente a europa, existe uma lei que protege os indefesos contra agressoes com armas de fogo...e se tiver em causa a vida desses refens (que foi o caso) pudera-se utilizar em ultimo recurso a utilizaçao de armas de fogo para "neutralizar" os agressores. È que depois de 8 horas de negociaçoes com os bandidos a tornarem se inflexiveis nao haveria mais nada a fazer. Talvez se no Brasil se fizesses estes procedimentos todos nao houvesse tanta violencia! Ass.: Carlos Ferreira P.S.: Obrigado PSP e GOE

    ResponderEliminar
  3. ??? viu NITIDAMENTE pela tv que se preparavam para libertar os reféns?! por acaso não estaria a ver uma novela da Globo? Acredita mesmo que estando lá, certamente, os melhores elementos das policias treinados neste tipo de situação eles não tenham tenham tido essa precepção e o Sr., que estava em frente ao televisor, com imagens que mal se viam, não ouvindo dialogos nem sabendo nada do que, na realidade, se estava a passar tivesse tido a NITIDA PRECEPÇÃO de que iriam libertar os reféns? tenha dó... os portugueses só são estúpidos nas piadas que alguns de vcs brasileiros contam. A necessidade de neutralizar os sequestradores advem do que está estipulado no código de conduta para situações onde a vida dos reféns está em risco, e essa avaliação é feita por quem tem capacidade para isso e está no terreno. as vitimas aqui não são os sequestradores, são os refens... os sequestradores sabiam ao que iam e foi-lhes dada a hipotese de se entregarem... escolheram não o fazer, numa fuga para a frente. Nestes casos a vida dos refens está em primeiro lugar. Só depois vem as vidas dos sequestradores... se se puder evitar que morram optimo, se não foi o caminho escolhido por eles.
    quanto aos direitos humanos, não acho que Portugal seja um modelo de virtudes, pq não é, mas olhe que o Brasil está a milhas de distancia para pior... lá de certeza que não teria sobrevivido nem os sequestradores e talvez nem mesmo os refens... não era caso inedito.
    Parabéns à policía portuguesa que mostrou estar a altura do desafio e efectuou uma operação que, decerteza, servirá para ilustrar como se deve actuar num caso análogo.

    João Nuno Almeida Costa

    ResponderEliminar
  4. Perdão, onde se lê Sr. deverá ler-se sra. As minhas desculpas pelo lapso.

    ResponderEliminar
  5. xupacabras4:46 da manhã

    A questão que o primeiro comentário levanta é perfeitamente legítima e só uma arrogância (leia-se, medo) típicamente Europeia é que pode estar por detrás dos comentários manifestamente xenófobos e doentiamente nacionalistas que se seguiram.

    A polícia não fez nada demais. Aliás se eu fosse sequestrador e ouvisse um negociador como o que ainda há umas semanas se ouviu nos telejornais acho que por muito boas intenções que tivesse perdia a cabeça só de ouvir aquela ladaínha!!

    Vivemos numa sociedade profundamente neurótica, hipócrita e alienada que facilmente se deixa manipular pelos políticos e pela TV.

    A comunicação social é também ela própria neurótica e amplifica o fenómeno ao obscenamente espremer todas as pinguinhas de sensasionalismo que consegue. Hoje ficou evidente uma estranha cumplicidade entre comunicação social e polícia - não existem micros direccionais que conseguissem captar som àquela distância? Porque é que só momentos antes dos disparos é que a imagem ficou desfocada?

    OS VERDADEIROS HERÓIS (MÁRTIRES?) DE HOJE SÃO OS SEQUESTRADORES QUE, ENQUANTO TAL, SE PORTARAM EXMPLARMENTE! SÃO HERÓIS POR TEREM TIDO A CORAGEM DE >ASSALTAR< QUEM TODOS OS DIAS NOS >ROUBA<, SÃO HERÓIS POR TEREM LIBERTADO A MAIORIA DOS REFÉNS E SÃO HERÓIS POR NUNCA TEREM PREMIDO O GATILHO.

    Os tiros de sniper não foram sincronizados, portanto tenho quase a certeza que apenas não houve 4 vítimas em vez de 2 porque um dos sequestradores no último segundo DECIDIU ASSIM.

    Parabéns ao Público.


    ps. não não sou brasileiro, sou puramente e, nestes momentos, pouco orgulhosamente portugues.

    ResponderEliminar
  6. gostaria de saber a opinião desse "chupa quê? se um dos refens fosse seu filho...será que continuava a defender aqueles valentes sequestradores?

    ResponderEliminar
  7. Brasileiro Consiente: A policia portuguesa demostrou apenas não estar preparada, para tal situação ,,visto que os reféns estavam a se entregar,, não estavam com cara tapadas,, já haviam liberado 4 reféns,, não tinham armas pesadas, A PSP demostrou o racismo,, pensando estar ainda na época em que eles ia a africa caçar negros. visto que a 2 anos atrás teve um mesmo assalto e não houve mortes.

    ResponderEliminar
  8. Exmo Brasileiro Consciênte: Apenas faz esse pequeno comentário reles porque está em Portugal, e é bem fácil tentar ofender o País que o acolhe.
    Quanto ao racismo, nem vou comentar. O sr. sabe tão bem quanto nós que se em vez do GOE estivessem lá os BOPE já tinham saido balas bem mais cedo para acabar com aquela palhaçada.

    Talvez o Sr. Brasileito Consciente goste de ter armas apontadas à sua cabeça vazia de sentido...mas nós por cá não gostamos.

    ResponderEliminar
  9. Xander_Aguia11:11 da manhã

    Desfecho perfeitamente previsivel , mal os refens foram colocados á porta com armas encostadas á cabeça.

    Nunca os Jovens CRIMINOSOS BRASILEIROS desviaram a arma da nuca dos reféns...

    Racismo para com os Brasileiros??....
    Baaaahhhhhh......
    O Contrário sim , agora se há coisa que os Portuguêses têm é serem uns "Braços Abertos" para todos os emigrantes.

    Eu respeito todo e qualquer brasileiro , africano , asiatico , etc , desde que venha para trabalhar honestamente , fazer pela sua vidinha e honrar os seus compromissos.
    Os CRIMINOSOS merecem ser mortos como cães....

    Felizmente foi o que sucedeu , com a infelicidade de 1 deles , apesar de ter levado 2 tiros na cabeça , não ter morrido.....
    Cara cheio de sorte....

    Este desfecho foi MUITISSIMO BOM , numa altura em que a Policia em Portugal está quase "desarmada" , e praticamente não pode fazer frente ao crime.
    Ontem frente ás cameras de TV , os GOE mostraram que afinal portugal não é nenhuma républica de Bananas.

    Parabens aos 2 Snipers que resolveram o problema Limpinho e sem mazelas de maior para os Reféns.

    Se entendo o comentario "Nacionalista" da jovem brasileira , no inicio , apesar de lhe dizer que depois de 8 horas de negociações , meterem os refens na rua com armas encostadas na cabeça por quase 1 hora sem NUNCA manifestarem a intenção de se renderem , não estariam por certo á espera que os deixassem ali a "brincar" aos "Cowboys" a noite inteira.....
    Só se eram muito "inocentes".....

    Já o comentário de um Pseudo "tuga" , que por ainda andar a ressacar devido ao consumo de estupefacientes , tenta defender o indefensável , tendo como base de sustentação a máxima de Robin dos Bosques , roubar aos ricos para dar aos pobres , ou na versão dele , roubar , quem nos rouba todos os dias....
    O BES a mim não me rouba , porque não sou cliente deles , os Bancos tem o seu mêtodo de trabalho , quem não quiser trabalhar com eles , não é obrigado....
    Muitas pessoas estão irritadas com as taxas de juros que estão sempre a aumentar , mas eventualmente se quando contrairam empréstimos sequer tivessem pensado que os Juros poderiam subir , se calhar teriam feito outras opções , creditos mais RESPONçÁVEIS e se calhar hoje não andariam tão "Apertados".....
    O meu conselho ao jovem tuga é que , deixe as drogas.....

    Magnifica actuação dos GOE , os meus parabêns.

    ResponderEliminar
  10. Li atentamente todos os comentários e nao pude deixar de reparar na quantidade de presunções que vi escritas, enfim....
    Deixem de tentar adivinhar se os sequestradores iam libertar os reféns, se nao iam, e quais as intenções de cada uma das partes envolvidas no momento decisivo pois só a policia, os reféns e os sequestradores sabem o que se passou durante aquelas 8 horas.
    De salientar que os sequestradores não foram abatidos por serem brasileiros até porque se fossem portugueses creio que a policia teria actuado da mesma forma.
    Uma morte é sempre lamentável....

    Aproveito para deixar um grande abraço aos meus amigos brasileiros (julinho e urso).
    Angelo Silva

    ResponderEliminar
  11. Excelente trabalho da nossa Policia, Parabéns, foi pena não terem liquidado o 2º assaltante, sempre se poupava na despesa que ele nos está a dar.
    Assim faziamos dois funerais pelo preço de um.
    Aviso desde já, que não sou racista, nem xenófobo, apenas sou pela JUSTIÇA, aqueles dois assaltantes, sejam eles Brasileiros, Africanos, Chineses, Portugueses, etc.., não têm o direito de manipular a vida de pessoas indefesas como fizeram com a dos reféns. Fizeram dos reféns escudos vivos. As imagens da TV são muito claras em tudo o que se viu. Algumas opiniões aqui dadas a dizerem que os assaltantes iam entregar os reféns, só mesmo de gente da mesma raça daqueles BANDIDOS.
    Tiveram o que mereciam, abatidos como cães que eram.
    PARABÉNS à Policia. Boa pontaria pessoal, têm é de melhorar ligeiramente, para a próxima não ficar nenhum vivo.

    ResponderEliminar
  12. Gaspar de Jesus11:57 da manhã

    Cá por mim, vou deixar a questão dos Bancos para outra altura.
    Antes de mais, e enquanto colega de profissão, quero saudar o Autor (infelizmente anónimo) da excelente imagem que aqui se publica, MEUS PARABÉNS, espero encontrar esta foto no Prémio Visão 2008.
    Quanto ao DRAMA a que todos assistimos esta madrugada, quero solidarizar-me com a Angustia dos dos Reféns,(temi pela vida dos dois ultimos), e dizer que me orgulho do trabalho da nossa POLICIA...!!! ( logo eu, que, tenho sido tantas vezes critico), actuaram com profissionalismo, muita paciencia, e grande precisão, pena foi que, só tenham liquidado um, o outro está agora a receber cuidados médicos e a ocupar espaço no Hospital, que por certo faltarão a outros cidadãos, pessoas de bem, que deles venham a necessitar.
    Por fim quero dizer que o Profissionalismo da POLICIA PORTUGUÊSA, só encontra paralelo no aparecimento APALHAÇADO perantes as câmaras, dessa figura ridicula que algum infeliz se lembrou de investir no cargo de ministro da Admin. Interna, como nas histórias infantis, terá de haver sempre um BÔBO a F.... tudo.
    Por ultimo quero afirmar aqui,que, adoro o BRASIL e os brasileiros, tenho por lá muitos e bons amigos

    ResponderEliminar
  13. O criminosos iam libertar os reféns dizem uns aqui...e dizem-no na sua perfeita sabedoria claro está, outro até diz quem o GOE foi racista,ou seja qd pensamos que a estupidez atingiu os limites aparece sempre alguém a mostrar que estamos enganados...

    ResponderEliminar
  14. Eu sou portuguesa e n sou nem nunca fui racista,mas tb partilho da opinião q independencte da raça ou nacionalidade todos os q são criminosos e q colocam a vida,de pessoas honestas e q pagam os seus impostos,em risco devem ser abatidos.

    Alias,penso q os GOE tiveram mt bem pois assim serve de exemplo para qq pessoa (portugues, chines, brasileiro, etc) que esteja a pensar em fazer algo parecido.
    Talvez assim pense duas vezes.
    É por esse motivo que os nossos amigos brasileiros têm um canal no seu pais em que dão ao vivo e muitas vezes em directo as imagens dos assaltantes mortos no chao e a esvairem-se em sangue, que é para que toda a gente veja e não queira fazer o mesmo.

    Uma coisa é verdade,apesar dos nossos GOE terem estado muito bem, penso que também tiveram bastante sorte à mistura,pois o segundo assaltante que não foi abatido logo,teve oportunidade de matar o refem que estava com ele,só não o fez pq n quis.
    Ou seja,esta historia poderia ter acabado bem pior.
    Espero que a nossa policia reveja a sua maneira de agir para q n corra mais estes riscos.

    ResponderEliminar
  15. MAs qual racismo qual q? opa pelo amor da santa podiam ser brazucas tugas francius ou ate de plutao . o problema aqui ´
    e que e sem sobra de duvida ninguem podera comentar o contrario sobre isso é o de criminosos vrs ordem publica. como se pode sequer equacionar um caso de xenofobismo ou racismo , se 2 pessoas tem 2 pistolas apontadas a cabeça justificando assim o temor da vida pelas mesmas . eles quer se queira quer nao estavam a tentar contra a vida de outrem claramente ou vcs axam que er um convite para o cinema umas pistolas apontadas a cabeça dos refens . ai e tal cinema logo a noite ver o wall - e ? claro q nao... bom talvez a pizza nao tivesse cogumelos ou por poutro lado sim os tivesse mas diferentes.meus amigos um crime foi comtido e a policia resolveu de uma da smaneiras possiveis mas previstas. xenofobia compra de negros o que eu j ali aqui ou vcs sofrem do sindroma do calimero ou nao sei . 2 PESSOAS TINHAM 2 ARMAS APONTADAS A CABEÇA E PODIAM MUITO BEM TER MORRIDO ( INOCENTES) E A POLICIA SALVOU 2 VIDAS ...para vcs que falam falam do meu pais

    OS IMIGRANTES NÃO-PORTUGUESES, DEVEM ADAPTAR-SE. É pegar ou largar ! Estou cansado de saber que esta nação se inquieta ao ofendermos certos indivíduos ou a sua cultura. A nossa cultura está desenvolvida desde há mais de cinco séculos de lutas, de habilidade e de vitórias de milhões de homens e mulheres que procuraram a liberdade.A nossa língua oficial é o Portugues; não é o Espanhol, o Libanês, o Árabe, o Chinês, o Japonês,ou a mistura brazuca tuga ou qualquer outra língua. Por conseguinte, se desejam fazer parte da nossa sociedade, aprendam a nossa língua!' A maior parte do Portugueses crê em Deus. Não se trata de uma obrigação cristã, de influência da direita ou pressão política, mas é um facto, porque homens e mulheres fundaram esta nação sobre princípios cristãos, e isso é ensinado oficialmente. É perfeitamente adequado afixá-lo sobre os muros das nossas escolas. Se Deus vos ofende, sugiro-vos então que encarem outra parte do mundo como o vosso país de acolhimento, porque Deus faz parte da nossa cultura.Nós aceitaremos as vossas crenças sem fazer perguntas. Tudo o que vos pedimos é que aceitem as nossas e vivam em harmonia e em paz connosco.
    ESTE É O NOSSO PAÍS, A NOSSA TERRA, E O NOSSO ESTILO DE VIDA'. E oferecemos-vos a oportunidade de aproveitar tudo isto. Mas se vocês têm muitas razões de queixa, se estão fartos da nossa bandeira, do nosso compromisso, das nossas crenças cristãs,do nosso modo de vida social ou do nosso estilo de vida, incentivo-os fortemente a tirarem partido de uma outra grande liberdade portuguesa, : O DIREITO de PARTIR. Se não são felizes aqui, então PARTAM. Não vos forçamos a vir para aqui. Vocês pediram para vir para cá. Então, aceitem o país que vos aceitou.
    E AINDA FALAM EM XENOFOBISMO RACISMO .. INCRIVEL ELES COMETERAM UM CRIME SABIAM QUE APONTAR ARMAS E POR AVIDA DOS OUTROS EM PRIGO DE MORTE AQUI EM PORTUGAL É CRIME TALVEZ EM OUTROS SITIOS SEJA DIGNO DE UM TITULO "HONORIS CAUSA "

    Nuno Nabais

    ResponderEliminar
  16. Só tenho pena que o 2º disparo não tenha tido o mesmo sucesso do primeiro. É que agora o tipo que ficou ferido está a usar uma cama de hospital e material de tratamento que podiam estar a ser disponibilizados a alguem que seja honesto e trabalhador.
    Já agora, os senhores brasileiros que acharam muito mal os balázios que a polícia deu nos compatriotas, hão-de me dizer como chegaram à conclusão que eles se iam entregar. Seria por causa das armas encostadas à cabeça dos reféns...?

    ResponderEliminar
  17. Miguel Mota Cardoso2:36 da tarde

    Parece cada vez mais célere a tendência dos órgãos de polícia, com o consentimento silencioso do Estado e da comunidade (que fundam constitucionalmente o seu ordenamento jurídico de acordo com os princípios de Direito Democrático e pelo respeito pelas Liberdades e Garantias), para justificar certas “execuções” públicas. A morte de um e a inocuização grave do outro salteador, ontem pelos “snipers” da P.S.P., deve envergonhar-nos profundamente, ainda por cima sendo eles, ao que parece, larápios de meia tigela, provavelmente com fome e falta de condições de vida, coisa que não falta neste país. Em 18 de Dezembro de 2007, a Assembleia Geral das ONU aprovou, por 104 votos a favor, 54 contra e 29 abstenções, uma moratória formulada pela Itália e endossada inicialmente pela União Europeia onde se pretendeu advertir os países que aboliram a pena de morte a não reintroduzir a mesma. E Portugal foi, como todos sabemos, dos primeiros países a recusar as teorias “retributivas” ou de Talião (“olho por olho, dente por dente”). Estávamos em 1867 no reinado de D. Luís. Em 1876 escreve Victor Hugo: ”Está pois a pena de morte abolida nesse nobre Portugal, pequeno povo que tem uma grande história. (...) Felicito a vossa nação. Portugal dá o exemplo à Europa. Desfrutai de antemão essa imensa glória. A Europa imitará Portugal. Morte à morte! Guerra à guerra! Viva a vida! Ódio ao ódio. A liberdade é uma cidade imensa da qual todos somos concidadãos”. A verdade dura e crua é que as autoridades portuguesas não fizeram tudo o que lhes competia para evitar a transmissão de pelo menos um assassinato, ao vivo e a cores. Se é pontaria que os GOE têm, além da brutalidade inerente à sua necessária estrutura psicológica, podiam ter acertado em partes não vitais, ao invés de abaterem logo um e terem entrado ao encontro do outro que, agora, com dois buracos na cabeça se calhar também não vai sobreviver para chegar a conhecer a cara do juiz a quem incumbe conhecer e aplicar a justiça. Tudo para dizer que, afinal, por vezes –e já são muitas – há pena de morte em Portugal e normalmente aplicada por um coordenador policial, sem acusações formais ou julgamentos justos e imparciais. A pena de morte deve ser abolida sem excepção. Ela viola o direito à vida assegurado pela Declaração Universal dos Direitos do Homem e representa a total negação dos direitos humanos. É o assassínio premeditado a sangue frio, pelo Estado e em nome da justiça. É o castigo mais cruel, desumano e degradante e é um acto de violência irreversível, incompatível com o comportamento civilizado dum povo e uma resposta inapropriada e inaceitável contra o crime.
    MMC 13:51 08.08.2008 (Porto)

    ResponderEliminar
  18. Mas kem vem para aki falar de direitos humanos esquece-se que ha um direito k fala do respeito pela humanidd e dignidd de kalker pessoa. k è coisa k estes assaltantes nao fizeram kando pensaram em assaltar um banco e quando fizeram das PESSOAS que la se encontravam, refens. Pois... kem semeia ventos, colhe tempestades. Força GOE. parabens e continuem , sempr k a situaçao se justifique. Pena o 2º nao ter corriddo tao bem... mas quem ainda o k sucederá com a saude do moço.

    ResponderEliminar
  19. Policia de elite, Justiça de merda!!

    So tenho a lamentar que isto nao tenha tido um desfecho melhor(pacifico, a nossa policia trabalha para isso), pois agora vamos ser acusados de racistas e afins! E que a policia tava a cuperar com a tv pois n se ouvia um tiro a distancia das cameras e nao sei que!!!

    E tenho pena dos refens tenham sofrido 8horas com estes gajos e o de sexo masculino ate levou com estelhacos de vidros que lhe provocaram escuriaçoes!

    Os assaltantes/sequestradores nao revelaram muita inteligencia (apesar de os brasileiros tarem sempre a contar anedotas que os portugues sao burros) mas isto e um caso a parte!
    Foi um desfecho tragico 2 mortes sao 2 mortes, mas ate pode ser levado como exemplo para alguns criminosos!

    ResponderEliminar
  20. Acho espantoso que alguem ache que a polícia só teria legitimidade em intervir se algum dos reféns fosse atingido pelos sequestradores... o objectivo foi evitar precisamente que os criminosos consumassem o acto... é tão dificil de perceber? será que terão de mudar de bebida ou e/ou de tabaco? é que, decerteza que a agua, ou lá o que andam a beber e/ou a fumar está adulterada... ao ponto de vos tolher o cerebro.
    Só falta ver escrito que lhes deveriam ter disponibilizado um carro à sua escolha, com o dinheiro que pretendessem e uma passagem de avião para um destino tb à sua escolha... Talvez seja esta a actuação que para estes senhores está correcta. Deixem-se de complexos de colonizadores, o 25 de abril já foi há mais de 30 anos e foi nessa altura que deixamos de ser colonizadores. aqui não há brasileiros, africanos, chineses, dinamarqueses, portugueses ou lá o que quer que seja. o que houve foram dois criminosos que, num acto de desespero, puseram em perigo a vida de dois inocentes.

    João Nuno Costa

    ResponderEliminar
  21. Miguel Mota Cardoso canta muito mas não encanta! Todos aqueles que depois disto ainda falam mal da nossa Polícia e defendem estes dois criminosos só podem ser lixo e parasitas da sociedade!

    ResponderEliminar
  22. Há 500 anos exportámos os ladrões e agora os brasileiros retribuem.

    A policia fez o que tinha a fazer, sem triunfalismos como os que tenho ouvido hoje nas têvês e telefonias, sobretudo da parte do débil maçónico que diz que é uma espécie de ministro.

    Se a coisa tivesse dado para o torto e alguma bala furtiva policial tivesse atingido e morto algum dos reféns, muitos dos que aqui hoje vieram destilar, cantavam de outra maneira.

    Só lamento que nenhuma delas tenha sido direccionada para os verdadeiros.

    Os ladrões banqueiros.

    Passar bem!

    ResponderEliminar
  23. Esteve quase perfeito. Um bandido abatido o segundo nao.
    Há uma falha, deveriam ter sido ambos mortos.
    Ao nao acontecer, o refém ficou em risco e agora ainda temos que pagar o hospital, julgamento,.. e quem sabe daqui a uns anos dar uma pensão de invalidez.

    Fica-se com a ideia de que este desfecho era desejado pela maioria dos Portugueses.

    Na minha opiniao, duas razoes importantes:

    1- A generalidade dos Portugueses nao acredita na justiça, tardia e branda, ficando sempre a ideia de que os bandidos são os coitadinhos.
    São os coitadinhos dos ciganos que tem direito a programas de TV, a casa paga, a ordenado sem trabalho, tratamento "carinhoso" da PSP. - Se lá em Loures a PSP tivesse limpo 2 ou 3 tinha sido a melhor medida preventiva.
    Mas não lá fomos nós pagar a pintura da casa, o psicologo,..., enfim aquilo que nenhum Portugues tem direito e esta cambada de lambões ainda acham pouco

    - Se estão mal voltem para donde vieram, se querem estar, serao bem vindos desde que trabalhem e respeitem TUDO mas mesmo TUDO o que é nosso.

    Na verdade, conhecendo in loco os países exportadores como(Brasil, Angola, Romenia, Ucrania) nenhum deles têm muito para nos ensinar, são todos de uma pobreza como sociedade indiscritivel.

    2-Este desfecho têm em si uma noçao de consequencia - isto é, como um factor preventivo, onde os bandidos são castigados de forma efectiva.

    Como nota final:
    A policia fez o que tinha que fazer. Cumpriu com o seu dever e com a sua funçao, nao o vejo como acto extraordinario ou especial.

    Notou-se uma tentativa de melhorar a relaçao com a comunicaçao social, foram factuais, foi a PSP que definiu quando e como falar, com deve ser sempre.

    Fico satisfeito em ver que desta vez os meus impostos (bastantes) foram bem aplicados. É importante que este tipo de atitude tenha continuidade.

    ResponderEliminar
  24. Não percebo como é que alguém ainda pode vir aqui escrever barbaridades como a de que os sequestradores iam libertar os refens...No brasil só matam os sequestradores depois destes antigirem os refens o que demonstra uma sociedade retardada, talvez por isso a senhora brasileira ache que eles iam libertar os refens.

    E não nao sou racista, sou contra estes palhaços que vem pra ca estragar isto tudo sejam eles africanos brasileiros, ucranianos, ciganos e ate mesmo portugueses. Todos os que não cumprem e fazem este tipo de coisas deviam ser abatidos para ver se podemos estar em paz finalmente.

    E quanto aqueles senhores que dizem que a PSP agiu mal e que tem que ser feita uma investigação, é porque não são pessoas civilizadas e fazem parte desta cambada de inuteis que aqui andam, e que até provavelmente nunca tiveram uma arma encostada a cabeça.

    Foi quase o melhor desfecho possivel, pois o 2º ainda está vivo, fosse portugues ou brazuka devia estar morto!!
    Parabens PSP e GOE!!

    ResponderEliminar
  25. Brasileiro Trabalhador; vejo que mts pessoas aderem o favor de morte aos que cometeram o assalto, mas esquecem que Portugal é um país que vem de guerras ,, e que anos atrás executavam pessoas apenas por pedaços de terra que nem eram deles,, espetavam cabeças e colocavam como troféu,, e agora vem falar em justiça,, um país que tem o que tem hj, foi através de massacres, tomando o que as raças (como dizem por aqui) tinham, apenas para satisfazer Reis e Rainhas,para manter o seu ego de descobridores,, hora vamos e convenhamos,, não me venham querer fala em mortes aos culpados,, vendo que se pensarmos assim ,, os portugueses teriam mt pouco para comentar. Afinal eles é que colonizaram o BRASIL. ESPERO QUE ESTE BLOG COLOQUE ESSE COMÉNTARIO E QUE NAÕ COLOQUE APENAS DE PESSOAS PORTUGUESAS QUE PENSAM QUE TD SE RESOLVA A UM TIRO.

    ResponderEliminar
  26. Grande profissionalismo de todos os elementos envolvidos, desde coordenadores ao Sniper.
    Estão todos de parabéns, pois o trabalho das forças de segurança, entre outras funções é a salvaguarda da integridade física e o respeito pela vida humana, ainda que eles fossem sequestradores e estivessem armados! No entanto tal desfecho era algo que se adivinhava! desde o momento que os vi aproximarem da porta da saída com os reféns! Os mesmos tentavam fugir a todo o custo, e como se percebe pelas imagens dá para ver que os mesmos estão a tentar se cobrir com algo escuro(pano) presumindo-se que iriam fugir com as duas vitimas servindo as mesmas de escudos, no entanto o GOE percebeu e soube esperar pelo momento certo para actuar! Os dois meliantes escolheram o seu destino! A Polícia tentou de tudo para negociar com eles, no entanto os mesmos mostraram-se intransigentes! a opção foi deles! Ao GOE não lhe restou outra alternativa senão premir o gatilho! O GOE não falha, nem tão pouco dispara à toa!O GOE só dispara quando tem a certeza que o disparo é 100% eficaz!vendo e revendo as imagens, pelo que consigo observar fiquei com a sensação que os 3 se tiros se processaram da seguinte forma: 1º disparado e eficaz disparado pelo sniper!
    2º disparo, o que se vê no vidro efectuado pelo outro meliante, talvez por pânico ou na tentativa de evitar a entrada da Policia nas instalações!
    3º disparo efectuado pelos elementos do GOE feito à queima roupa ao individuo que se encontra em estado grave! Respeitando as opiniões dos demais utilizadores deste espaço, posso vos garantir uma coisa! Um SNIPER nunca falha! Um SNIPER é um individuo altamente treinado e com sangue frio, é 100% eficaz!Pois o mesmo só abre fogo, quando tem em linha de fogo o seu alvo ou objectivo! SNIPER só faz um único tiro! Esse tiro tem dois objectivos! 1º é neutralizar um opositor! E o 2º é a ordem expressa para os restantes elementos avançarem! Pois todos os elementos estão em contacto permanente via radio pelos auriculares inseridos nos capacetes, todos sabem que o sniper vai disparar e apenas um único tiro! Pelo que após o disparo os elementos (GOE) que se encontram perto da porta, sincronizadamente se "percepitam" para dentro das instalações, ambos sabem bem o que fazer, e sabem que o tempo para eles é o bem mais precioso! O GOE é uma Força de Elite composta por indivíduos altamente treinados para fazer face a graves ameaças de terrorismo ou segurança interna! Nada é feito ao acaso! trabalham sincronizados e actuam pelo efeito/factor surpresa e rapidez! As suas acções após o 1º disparo raramente vai alem dos 04 segundos!!! Pois os mesmos tem em mente que o sucesso das operações depende da rapidez! Quanto mais rápidos forem , mais hipótese de sucesso terão!
    O SNIPER se fizesse mais de um tiro corria o risco de atingir os outros elementos do GOE! SE voces repararem bem, após o primeiro disparo do SNIPER, os restantes elementos entram logo nas imediações do BES!Parabéns a todos mesmos, quem não respeita a vida e integridade física do próximo, não merece outra coisa senão a morte! Quanto ao estado de saúde do outro que se encontra no Hospital S. José, fiquei triste hoje por saber hoje pela tv que o estado clínico do mesmo é faforavel! Pois o mesmo tão pouco merece estar ligado ao ventilador!

    ResponderEliminar
  27. xupacabras3:02 da manhã

    parabéns ao miguel mota cardoso pelo excelente comentário.

    assistimos a uma execução pública e em directo para toda a nação, o interesse político para este "epílogo" é evidente e enquanto português não posso deixar de exigir saber se houve ou não uma negociação eficiente. e insitir - porque é que se captou imagem tão bem e não som? porque é que a imagem só ficou desfocada momentos antes das execuções? porque é que depois de uma agente fazer o comunicado in loco sem perguntas, um outro agente se apressa a dizer, sorridente, que eram brasileiros?

    lemos aqui que "os criminosos merecem ser abatidos como cães", que "só é pena não terem abatido os dois"... TALVEZ UM DOS IDIOTAS ACÉFALOS QUE AFIRMAM ISTO UM DIA TENHA A MÃE A MORRER DE CANCRO E NÃO TENHO DINHEIRO PARA LHE PAGAR O TRATAMENTO, OU TENHA OS FILHOS A PASSAR FOME, OU UMA QUALQUER OUTRA RAZÃO EXTREMA QUE O LEVE A PERDER A LUCIDEZ E NO MEIO DE TODO O DESESPERO FAÇA UM DISPARATE IDÊNTICO AO DOS BRASILEIROS...

    QUERO SABER SE NESSA ALTURA ESSE ACÉFALO E VALENTE PORTUGÊS PEÇA TAMBÉM PARA SER "ABATIDO COMO UM CÃO".

    ResponderEliminar
  28. Acefalo e irresponsável és tu ò Chupa Cabras... isto, ao contrário do que desejas, ainda não é uma anarquia. Em Portugal, como em outros países, há mta gente que vive no limite( e abaixo) da subsistencia e não anda a assaltar bancos. Se toda a gente que não tem o dinheiro suficiente para fazer façe às despesas se pusesse a assaltar bancos e a fazer reféns para o conseguir não haveria dependencias bancárias, estações dos CTT, carros celulares, etc. que chegassem. E escusas de dar um cunho politico e racial ao assunto. Isto foi um puro acto de criminosos (burros, ainda por cima) que acabou mal para eles. E entre eles, que voluntariamente se colocaram nessa situação e os reféns que não pediram para ser sequestrados acho que a opção é evidente. Quanto ao não se ouvir a conversa dos sequestradores, o que é que isso interessa? será que estes dois individuos teriam um segredo tão importante para a sobrevivencia do Estado que era preciso esconder a todo o custo? vai lá tomar as gotas que acho que te andas a esquecer daquilo que o psiquiatra te recomendou... que paranoia...

    João Nuno costa

    ResponderEliminar
  29. No Brasil anos atrás foi morto cinco Portugueses enterrados vivos ,,(mandante um PORTUGUÊS),, na época do fato não vi esses tipo de comentários, foi preso o maior traficante de drogas do Brasil,, ( Português),,enviava drogas para o mundo todo dentro de carnes,, claro era um empresárioexportava carne que dentro ia cocaína matam mts do vossos filhos, mt mais do em um assalto,, não ouvi esse tipo de comentàrio,, um emigrante Português que matou uma Inglesa em Londres,, não ouvi esse tipo de comentários, porque será. Não esqueçam e os Brasileiros,, são descendentes de Portugueses ,, infelizmente. e que o GOE está apenas aperfeiçoando suas técnicas e vão começar a usa aqui em pròprios Portugueses,, no caso seus filhos , netos , irmãos , ai vou ver se vcs vão dizer morte aos cães.

    ResponderEliminar
  30. "(...)Não esqueçam e os Brasileiros,, são descendentes de Portugueses ,, infelizmente (...)"

    Se isto não é preconceito não sei o que será... quanto ao resto nem me vou dar ao trabalho de comentar pq, manifestamente, é outro que fugiu do manicómio e tb não sabe ler... ainda está a martelar na tecla dos portugueses vs brasileiros, qd o pessoal está careca de afirmar que não se trata de uma questão de nacinalidade, raça ou credo... trata-se de um acto criminoso, só isso.

    JNC

    ResponderEliminar
  31. xupacabras5:42 da tarde

    Caro João Nuno Costa,

    Mais importante que ouvir os sequestradores, já que a SIC montou aquele espectáculo, era ouvir o negociador.

    E por acaso até lhe posso dizer que já trabalhei num consultório de psicologia e psiquiatria e conheço bem de perto o que é que o desespero pode levar QUALQUER pessoa a fazer. É primitivo e animalesco presumir que os actos de loucura só tocam aos "OUTROS" e que a sociedade está dividida entre os "BONS" e os "MAUS".

    Quem não é capaz de controlar esses impulsos animalescos e aplaude o carrasco não o faz por solidariedade com os reféns mas por puro medo e egoísmo.

    Os EUA são um bom exemplo de como a pena capital não reduz a criminalidade, pelo contrário!

    Abissus abissum...

    ResponderEliminar
  32. Xander_Aguia11:15 da tarde

    Senhor que diz que Chupa cabras , ou bodes ou o que quer que seja , enquanto ressaca da dose diaria de estupefacientes....

    Não rogue pragas aos outros porque lhe podem vir bater á porta......

    Eu infelizmente já passei por situações muito complicadas , principalmente com o AVC que deixou a minha mãe por 2 anos em coma vegetativo até que faleceu.
    Obviamente teve que ter cuidados , agradeço ao apoio da Santa casa da misericórdia , que costeou uma parte dos perto de 1200€ mensais que custava o Lar onde ficou , tendo que a familia toda que nao era nem é rica , teve que fazer pela vidita para que os 1200€ estivessem a tempo e horas para pagar , fora o resto ( fraldas , medicamentos , sondas naso-gastricas , etc...)
    O meu amigo fala de barriga cheia , e sem o minimo conhecimento do que são dificuldades da vida.....

    NUNCA na vida o CRIME pode compensar....
    Só na cabeça de um perfeito ANORMAL , ou agarrado á droga , pode passar a ideia que o crime tem defesa....

    Há que se trabalhar , se não chegar de dia , há que se fazer um part-time á noite....etc....

    ROUBAR....é CRIME.....
    Sequestrar pessoas e ameaça-las de morte.....é muito mau.....
    Ter uma arma encostada á cabeça é muito complicado......
    Eu já tive , numa situação em que me queriam por a andar de um local......é uma experiencia aterradora....que espero nunca mais ter de repetir....

    Estes actos , merecem a devida punição.....
    Não houve nenhum fuzilamento....
    Houve sim JUSTIÇA.....
    Algo que na maior parte do tempo pensamos não existir em Portugal...e como tal não se está habituado....

    O Senhor que Xupa as cabras , ovelhas , bodes e eventualmente cavalos e outros animais , eventualmente suinos e afins , como lhe disse , deve deixar a sua dependência de estupefacientes.....

    E termino com o que já tinha repetido , oxalá que o que desejou a outros , lhe apareça um dia pelo caminho.....
    Pode ser que ai...ACORDE PARA A VIDA....

    Saudações.

    ResponderEliminar
  33. xupacabras2:06 da manhã

    Caro Sr xander_aguia,

    Lamento perturbar-lhe a sua fantasia mas não me drogo. O senhor por outro lado parece deixar-se embriagar facilmente pelo que a televisão lhe diz.

    Senão talvez tivesse reparado que eu não desejei nada a ninguém. Mas uma vez que claramente já "acordou para a vida", parece ter descoberto uma coisa maravilhosa:

    Viu um sniper a abater um sequestrador em directo na TV por isso de repente já há justisça. Genial. Talvez devessemos começar a cortar as mãozinhas aos carteiristas, esses malandros, e a apedrejar as mulheres infiéis...... essas porcas... Houve até uma altura em que quem não fosse à missinha todos os domingos ardia na fogueira! Isso é q'era justiça!

    As pessoas como o senhor que aplaudem à priori estes espectáculos miseráveis são muito menos diferentes dos criminosos que tanto vos apavoram do que aquilo que pensam.

    Preocupe-se menos com os "mauzões" e com a "dose diária de estupefacientes" dos outros e mais com os criminosos que trabalham atrás de uma secretária e dormem todas as noites de barriguinha cheia em lençóis de seda lavados.

    Esses nenhum sniper apanha.

    Saudações amigáveis.

    ResponderEliminar
  34. Caro Xupa Cabras,

    Pelas suas palavras tb se pode deduzir que o meu amigo divide a sociedade em bons e maus... só que para si os bons são os sequestradores, os ladrões, os violadores e todos os que tem comportamentos desviados do chamado comportam,ento padrão, enquanto que os maus são a policia e todoas as outras instituições que fazem do Estado um estado de Direito. Eu confesso, essa ideia está completamente ao contrário. Quanto ao animalesco, bem aí parce-me que animalesco é todo o tipo de crime violento... animalesco e cobarde, como neste caso que se pos em risco a vida de duas pessoas que não tinham meio de se defender. Não foi uma execussão como tenta fazer crer, foi legitima defesa da vida de terceiros. quanto aos Estados Unidos e à pena de morte, Concordo que os EUA, neste momento, são um péssimo exemplo não só por causa da pena de morte (que não tem nada haver com o que se passou no BES) mas também por causa da politica externa que seguem, resultado de um punhado de governates obssessivos e paranoicos.
    A policia serve para nos proteger e, apesar de por vezes não o fazer, agora fez e está de parabens por isso.

    JNC

    ResponderEliminar
  35. por mais voltas que se de dêem ao assunto por mais humanismo que se pretenda introduzir neste lamentável caso, os assaltantes do BES deram todos os índicios de serem "uns desesperados" prontos a tudo caso a coisa não viesse a ter o desfecho que teve.Chamar á colação racismo ou outros chavões depois de 8 horas de "serem chamados á razão" e mantendo sobre ameaça de morte ( pois é...) os dois empregados do Banco, só podia ser reprimido como foi,mas não vamos celebrar nem dar os parabéns ao agente que matou o assaltante, estou certo que ele (agente) lamenta não ter havido outro solução menos gravosa. E que as nossas autoridades não estariam 8 horas expectantes se fossem de cariz sanguinário ou torcionário.

    ResponderEliminar
  36. Xander_Aguia10:17 da tarde

    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  37. Subscrevo o que disse o anónimo das 7:02.

    JNC

    ResponderEliminar
  38. Miguel A. Lopes2:31 da manhã

    Eu estive lá, oito horas a trabalhar, assisti, testemunhei e fotografei a morte em directo. (www.flickr.com/photos/migufu) Em várias fotos tenho quer os refens quer os sequestradores a olhar na minha direção, pela minha lente vi a refem tentar pressuadir os assaltantes a se renderem sem qualquer sucesso, e ai eles assinaram a sua sentença de morte. Posso dizer que não dormi mais de 4 horas nessa noite e que fiquei e ainda estou chocado por ter presenciado a morte brutal do assaltante. Tb posso dizer com certeza que o sniper que o abateu e que tal como eu o estava a ver pela sua lente telescopica lhe viu os olhos e que tão depressa não o esquecerá. Tal como os reféns que estiverem com eles mais de oito horas nunca mais os vão esquecer nem o que sucedeu. É fácil apontar o dedo e criticar, fazer comentários sobre racismo que nada têm que ver com a situação.
    A policia está de parabens pela resolução deste drama e peço que a justiça deixe trabalhar a policia.
    Acredito que se estes bandidos se entregassem não iriam passar mais do que um ano na cadeia, e que viriam a cometer mais crimes pois a justiça só ajuda os criminosos.
    Mas cada caso é um caso, por vezes a policia tem como solução, avisar, outras multar, noutras prender e em ultimo caso matar.
    Neste caso não havia outra saida.
    Deixem-se de comentários xenofobos , racistas ou politicos, ponham-se sim na posição dos refens e vejam o que quereriam se tivessem nessa posição.

    ResponderEliminar
  39. Parabéns a policia portuguesa!

    Dado ao que li, não resisti a procurar no Google noticias de assaltos a bancos no Brasil e o que encontrei foi surpreendente, dado que eles nem precisam de efectivamente assaltar um banco ou fazerem reféns para serem abatidos.

    http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL709370-5598,00.html

    Para chegar a conclusão que se fosse no Brasil, a contar com a actuação da policia brasileira estariam com certeza os dois assaltantes mortos, sendo grande a probabilidade do mesmo destino acontecer aos reféns.

    ResponderEliminar
  40. xupacabras10:34 da tarde

    miguel a. lopes,

    se esteve lá talvez nos possa esclarecer que tipo de negociação é que houve:

    1) se, quem (uma pessoa, várias?) e como (alta voz, telemóvel, etc) é que comunicou com os sequestradores.

    2) na sua opinião, houve algum tipo de jogo psicológico para tentar convencer os sequestradores a entregarem-se, ou uma simples repetição de simples ultimatos?

    desde já grato pela sua atenção.

    ResponderEliminar
  41. Sr. ou Sra. Xupacabra é uma anedota disso tenho a certeza.lol
    Os seus comentários são tudo menos sérios... ou então revela um profundo atraso intelectual, e a incapacidade de compreender o mundo que o cerca, assim sendo sugiro apoio.lol

    O melhor será mesmo continuar a dedicar-se a ufologia (presumo dado ao seu nome)e deixar certos assuntos, para pessoas mais capazes...

    ResponderEliminar
  42. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  43. Xupa cabras,

    Tenho pena que os reféns, não fossem tua filha, mulher, irmão, pai ou filho.
    Tu merecias ter uma filha com uma arma apontada à cabeça por um português, chinês, ou arménio!

    ResponderEliminar
  44. A culpa destes assaltos e assassinios todos é da nossa justica. Se qualquer gajo apanhado num assaltos, fosse com arma de fogo ou fosse com arma branca, desde que houvesse provas, fosse EXECUTADO, se o autor de qualquer crime fosse executado como um animal(não acho que merecam o nome de humanos), acabavam-se estas cenas na TV. Acho muito bem terem morto um dos assaltantes só tenho pena e de não terem morto o outro, arrastavam-no pa rua e matavam-no ali mesmo pa servir de exemplo. Um gajo assalta ou mata e sai em liberdade e a fazer gestos obsenos para a TV(como ja se viu antes), e se for preciso ainda vai assaltar ou matar outra vez!?! Qualquer dia inda vamos ter pelotões de linchamento como se fosse um western. Tenho 16 anos, nem quero pensar como vai ser quando tiver 20 ou 30. Um gajo tem de se por a pau.

    MB.

    ResponderEliminar