quinta-feira, agosto 21, 2008

Estávamos à beira do abismo. Nelson Evora deu um salto em frente

Portugal estava à beira do abismo. Nelson Évora deu um passo em frente. Obrigado Nelsinho!!!

Está salva a honra da Pátria ! Ganhámos um medalhão de ouro, melhor e mais fresco do que as pepitas bulorentos do Dr. Salazar. Ouro suado e com muito speed.
Nelson Évora mostrou a sua garra, fez um esticado salto. E se o ego luso estava com o ralantim baixo, agora o ponteiro está no vermelho do contentamento. Até o Queiroz deu um cheiro de optimismo com a cabazada de golos aquela equipa daquela ilha que não fixei o nome, embora não haja nisto nada de arrogância. Com o país a crescer 0,4, o Évora a saltar para lá de um metro e setenta, com goleadas a equipas de tansos, ainda vamos ganhar a Volta a Portugal em Bicicleta.
Luis Filipe Vieira até filosofou: são estas vitórias que fazem de um país pequeno um país grande!

E afinal parece que o demitido Presidente do Comité Olímpico já repensou em não se demitir. O que é notável: o que ontem era um fracasso total passou a ser uma coisa monumental. Para a próxima apostem num só cavalo. Poupamos mais e evitamos cenas lastimáveis como o Comité Olímpico deu.
Foi bom ganharmos ( quer dizer ganharam as pernas do Nelsinho). O pior vai ser ter de aturar as bujardas dos habituais tipos que vivem à custa disto tudo.
O pior vão ser os efeitos colaterais!

Sem comentários:

Enviar um comentário