segunda-feira, junho 02, 2008

Sá Fernandes prostitui Praça das Flores

Há coisas que não se entendem. Só pelo lado do absurdo. O vereador José Sá Fernandes, o empata-túneis que custou milhões de euros a todos nós por ter feito embargar o buraco de Santana, acaba de autorizar uma feira de carros na Praça das Flores. Verdade ! O Bloco acaba de pôr a Praça das Flores a render como uma puta.

A Skoda quer apresentar um novo modelo. Comprou por uns dias uma das praças mais tranquilas e conservadas de Lisboa;despeja lá carros, uma comitiva de vendedores vindos de todo o Mundo abancam e os moradores que se lixem. Chama-se a isto a total pouca vergonha e revela uma política sinistra de gestão da cidade. A compensação do empata é que a cidade vai receber 50 mil euros de compensação. isto é mesmo aviltante. Um tipo que custou uma fortuna com as suas taras sobre um túnel que já era impossível de evitar, vem lançar o caos numa zona histórica em troca de tostões. O que está em causa é o princípio e o respeito pelas zonas dos moradores. Se hoje a Skoda faz um evento na Praça das Flores, amanhã temos lá um grupo rockeiro, depois uma festa de coiratos.

Uma lamentável câmara com um vereador que é um verdadeiro atrasado.

PS: Retiro o "mental"

8 comentários:

  1. Como moradora desta zona só posso felicitar quem autoriza estas iniciativas que dinamizam esta zona que por acaso servia de "poiso" a figuras nada interessantes, pelo menos durante 16 dias alguem está a zelar pelo "nosso" jardim. Aproveito para informar que não sou do BE e também que não sou simpatizante do seu partido.

    ResponderEliminar
  2. Ó Luís, esse lancha-chama anda com a mira toda arranhada, que dispara para todo o lado.

    Mas, diga lá, foi o Sá Fernandes que embargou o buraco do marquês (salvo seja) ou foram os tribunais?
    E o túnel que foi inicialmente projectado, depois de embargado e desambragado, por acaso, não foi objecto de alterações, em resultado da acção de Sá Fernandes?

    Você, ajuda-me a aliviar a bílis, mas, ás vezes, a dose é tanta, que quase fico intoxicado.

    Abraço
    JJ

    ResponderEliminar
  3. Essa bestialidade dessa criatura sá fernandes devia era estar atrás das grades a páo e água e a fazer trabalhos forçados até pagar os 4 milhões que fez gastar aos contribuintes e pelo tempo que fez gastar a quem tem de ir de carro para lisboa. Grande anormalóide!
    Se querem revitalizar as zonas, façam jardins, zonas de lazer, com segurança, etc. Não é com merdices encapotadas. Daqui a uns dias volta tudo ao mesmo.

    ResponderEliminar
  4. Esta acção é o que menos conta!
    O que conta , é a demagogia com que se apresenta uma iniciativa que rende 50 000 euros e depois não há pejo nenhum quando se causa prejuizos de milhões por decisões de jogo politico!

    Para lá do tunel , temos o metro no terreiro do paço que deu uma barraca que não teve responsaveis e milhões de gastos de impostos.
    Para além dos contractos com empresas e consultores que drenam os nossos impostos!

    ResponderEliminar
  5. "Não sei por que motivo é que as pessoas estão tão mal-informadas", diz ao Público o vereador Sá Fernandes, afirmando que "ninguém tem de fechar portas nem sequer a praça vai ser vedada, até porque só será cortado um pequeno troço da Rua Marcos Portugal". Mentira. A Praça das Flores já está fechada, e assim vai ficar, mais 15 dias, das 17.00 à 1.00, enquanto decorre o evento "internacional".

    Ao DN, o mesmo senhor afirmou que "vamos deixar de ter uma praça imunda, para passar a ter uma praça totalmente requalificada". Imunda? Dos locais onde já morei (onde se incluem Santos e a Graça), a Praça das Flores é a zona que mais vezes vejo ser limpa. Nestes últimos três anos, nunca a vi, sequer, suja, quanto mais imunda. E sempre esteve em boas condições, facto que se traduz na visita de muitos lisboetas e turistas, que diariamente por ali passam. Não percebo como pode o senhor Sá Fernandes fazer semelhante afirmação. Das duas uma: ou é hipócrita, ou é ele que está muito mal informado.

    "Tanto os moradores como Lisboa saem a ganhar com o evento que animará diariamente a Praça das Flores das 17h00 à 1h00", diz o vereador ao Público. Os moradores? Não sei se Sá Fernandes se apercebeu, mas o evento é privado. Ou seja, os moradores não vão poder, sequer, aceder à praça.

    O que ganham, então? A requalificação da praça? A que preço? E depois ainda diz que os comerciantes vão ter mais movimento . Como, se ninguém vai poder entrar na Praça das Flores a partir das 17.00, e se durante todo o dia não se pode estacionar na mesma?

    Pena que a maior parte das reportagens realizadas não expresse o sentimento geral que se vive entre os moradores, indignação já expressa num abaixo-assinado e num movimento de "resistência passiva".

    Por último, lamento ter lido o comentário da leitora Ana, uma pessoa incapaz de perceber que o "nosso" jardim é tão dela como dessas pessoas a quem chama de "figuras nada interessantes", que aqui vivem, mas das quais, claramente, se demarca, demitindo-se da responsabilidade de contribuir para a sua integração. Talvez, um dia, se tiver de enfrentar uma situação de precariedade, aprenda uma grande lição. Talvez assim se torne, quem sabe, numa pessoa mais interessante do que aquilo que, certamente, hoje parece ser.

    ResponderEliminar
  6. http://khiasma.blogspot.com/2008/06/praa-das-flores-de-ao.html#links

    ResponderEliminar
  7. «Mentira. A Praça das Flores já está fechada, e assim vai ficar, mais 15 dias, das 17.00 à 1.00, enquanto decorre o evento "internacional".»

    Na verdade a praça é fechada, deixando passagens em dois dos lados que dão acesso às ruas que comunicam com a praça. Estive lá. Sei do que falo.

    «Nestes últimos três anos, nunca a vi, sequer, suja, quanto mais imunda. E sempre esteve em boas condições»

    Na verdade podia até estar boa quando comparada com o péssimo estado do resto da cidade. Tinha grafitis, plantas numa miséria, lages partidas e passeios por remendar.

    "os comerciantes vão ter mais movimento . Como, se ninguém vai poder entrar na Praça das Flores a partir das 17.00, e se durante todo o dia não se pode estacionar na mesma?"

    Os comerciantes necessitam dos milhares de lugares de estacionamento da praça das flores (estou a ser irónico clarro) para fazerem negócio? a partir das 17H o oclista já não vende mais armações? Valha-me deus! Os 3000 convidados estrangeiros despejados ali são capazes de compensar isso, ou não?

    As pessoas revoltam-se com cada coisa mais estupida! Até parecemos um país de ricos.

    ResponderEliminar
  8. Uma coisa eu posso garantir, pois estou assistir no camarote! quem começou com toda esta contra informação é uma tal Srª do PCP (comuna ) que toda a vizinhança sabe quem é!!! e ela também
    Mas se mais não digo, não é porque não possa, mas sim porque esyou aguardar melhor opurtunidade para por "boca no trombone"
    Como se costuma dizer, me aguardem!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar