quinta-feira, junho 26, 2008

A Nova Vespa 300 GTS SUPER ! La bella máquina!

7 comentários:

  1. Que tempo:::em que tinhamos tempo...ADESSO....TUTTO É PERSO!!!!
    Um dia choraremos este PRAZER
    PERDIDO...L.Reis

    ResponderEliminar
  2. Será que esses tipos da vespa ainda não repararam que estamos no séc. XXI?
    Se tudo tivesse evoluído tanto como as Vespas ainda vivíamos nas cavernas.
    São giras. Sempre o foram.
    Mas já não prestam.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Bom, aqui o atrasado mental montou hoje uma com três mil klms e a primeira coisa em que reparou é que os cromados têm um ar plastificado merdoso, que há frisos desalinhados, o que tinha um ar naturalmente sólido passou a ser periclitante. Salvou-se um único item: O revestimento do banco é deveras superior à velha napa cintada. O resto não me convence e olhe que não sou propriamente um novato em matéria desta. Reservo a minha opinião sobre as motorizações para uma volta bem maior, em termos puramente estéticos e de qualidade de materiais regrediu-se e não foi pouco.

    ResponderEliminar
  5. Oh Pedro desculpe lá a boca foleira. Acho que voçê não tem razão. A actual Vespa é um excelente exemplo de evolução de um modelo mitico adaptado à tecnologia e exigências de hoje, tal como a Porsche o soube muito bem fazer com o 911 até ao actual 997.

    A Vespa manteve a filosofia, o desenho é evolutivo sem ter ficado agarrado a maneirismos do passado. O motor é soberbo, trava bem, curva muito bem, tem espaço para bagagens, é confortável, muito seguro e devia andar mais 20 à hora ( a 300 deve cumprir esta limitação!).
    Para mim é um dos melhores veículos do mundo. É um conceito concretizado e tem uito a ver com a filosofia do nosso amigo Steve Jobs. As vespas antigas eram giras mas hoje são penosas para usar no dia a dia, embora lindas para entrarem em filmes e fotos.

    É verdade que os materiais não são de primeira. os espelhos da minha enferrujaram mas ao fim de 3 anos tiveram a amabilidade de mos substoituirem por novos. A pintura risca-se com facilidade mas estamos a falar de uma mota que não é uma BMW e estas também enferrujam e falo por experiência propria.

    Pedro: mais uma vez desculpa a boca, é a chatice dos anonimatos, mas a nova 300 vai ser o Tiger da Vespa ( não diria o Leopardo::))

    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Não me peça desculpa porque não fui eu o autor do comentário anónimo. apenas constatei que, depois de quase vinte anos de evolução, podiam ter feito um melhor trabalho. Mas também esta afirmação pode sofrer da velha questão do "Não há amor como o primeiro"...

    ResponderEliminar
  7. Atendendo a comentário do ser anónimo,em dizer "Se tudo tivesse evoluído tanto como as Vespas ainda vivíamos nas cavernas" para este senhor acho, que queria uma Vespa com casa de banho...
    As VESPAS, são, como o senhor Luiz Carvalho disse, e disse muito bem " melhor veículo do mundo" lindas.....

    ResponderEliminar