sexta-feira, maio 30, 2008

Mário Crespo aperta com Pedro Silva Pereira

A entrevista de Mário Crespo hoje na SIC-N a Pedro Silva Pereira deu gosto de ver. Habituados que começamos a estar a um jornalismo subserviente e acomodado o trabalho de Mário Crespo é acutilante, certeiro e elegante. Não deu folga ao clone de Sócrates  e foi até ao fim nas perguntas e na insatisfação das respostas dadas.

Se dúvidas tínhamos com certezas ficámos: o governo de Sócrates acha que o país está melhor porque há umas décimas percentuais a mais nas estatísticas e que os outros, de Mário Soares ao homem da rua, são uns ingratos para um governo que tem governado bem e sabido distribuir aos pobres uma esmola. Os combustíveis são mais caros em Espanha porque os vizinhos têm superavit, mas não são mais caros do que a média europeia ( o que é uma redonda mentira, estamos entre o 4º e o 5º dos mais caros) há crise mas o governo está tranquilo.

Para o governo socialista é tudo uma questão de estatísticas e de números. A sensibilidade social e o feeling político não existem. Governam para os números, sem empenho nem objectivo político. E a maioria das perguntas feitas por Crespo ficaram nas palavras cínicas de Pereira.

2 comentários:

  1. BEM POSTADO LUIZ..

    ResponderEliminar
  2. Só uma pergunta: e não se pode exterminal-lo-lo-lo??????Quem é este merda chamado FIRMA Pereira'
    UM PLASTICO COMO MUITOS QUE HABITAM NO P.S.!!!!Que sabe este tipo, de lutar contra as ditaduras?
    NADA, BEM, NEM ELE, NEM O " CAGA MILHOES",ou como dizia o outro :"È tudo farinha do mesmo saco"!!!!l.R.

    ResponderEliminar