sábado, setembro 15, 2007

Socolari pior que Avelino Ferreira Torres


É fácil julgar e os portugueses adoram destruir mitos e deuses.
Deram cabo do Carlos Cruz, uma figura popular de uma arrogância escondida, adoraram assistir à derrota humilhante de Soares, usaram o desdém para com Herman José não lhe perdoando o novo-riquismo e a sobranceria ganha com a fama.
Esqueceram os ídolos de pés de barro que mamaram noites seguidas nos reality shows, não dariam uma esmola ao pobre Zé Maria, ficaram indiferentes à prisão do puto que andava de Ferrari depois de dar ares de ídolo na TVI.
Deixaram cair o tipo do pontapé na outra, em directo, também na inefável TVI ( a estação que só por si é o retrato cultural dos portugueses).

Scolari não vai no entanto cair na desgraça dos portugueses, pese embora que são estes que lhe pagam o chorudo ordenado de 15o mil euros por mês ( mais coisa menos coisa) juntamente com patrocínios de respeitáveis empresas e que, vamos ver, se continuam a patrocinar um desportista que em directo faz da arruaça estilo.

Cavaco veio muito bem dar a sua opinião, discreta e crítica. Muito bem.
Há coisas que não se podem admitir quando se ocupam cargos públicos e quando se está na representação de um país. Scolari é treinador nacional e deve ser um exemplo para todos, sobretudo para os jovens, na forma como deve o desporto ser praticado, cultivado. Tem de ser exemplar. Passaria tanto pela cabeça de Scolari bater num jogador como na mente de Sócrates enfiar um estabefe em Manuel Pinho depois da enésima gaffe do ministro.
A cultura do futebol já é demasiado agressiva para ainda ser patrocinada por um seleccionador nacional em direct perante milhões de adeptos assanhados.
Somos humanos, erramos, passa-mo-nos da carola mas há sempre um lado incontornável: a dignidade e o consequente assumir das consequências dos actos praticados.
Quando cometemos erros intoleráveis, mesmo explicáveis, só há uma saída honrosa: a demissão. Tudo é perdoado e explicável, até um crime o que não implica que o criminoso não seja acusado.
Pode ser dramático, desagradável, mas é a vida. Ora ao manter-se agarrado ao cargo, ao lugar, às mordomias e à massaroca, Scolari fica sem perdão. Não há nada que justifique a sua atitude. a não ser o desespero e a falta de controle, mas esses estados de alma não são para um desportista utilizar em campo.

Quando Avelino Ferreira Torres desatou aos pontapés nos caixotes do estádio foi um escândalo. Agora por atitudes muito mais graves o brasileiro fica impune; levará uma sanção simbólica e continuará o seu papel de seleccionador da equipa nacional.
Se isto não é uma vergonha, onde está a vergonha ? Que dizer de jogadores que por muito menos viram a sua carreira destruída ou seriamente ameaçada ? Se um jogador faz do corpo o seu instrumento de trabalho onde o factor físico e por vezes agressivo é necessário, o mesmo não se pode dizer de um treinador que tem de usar a cabeça, o controle, a calma.

Estou desolado. Depois de termos um primeiro-ministro que sobreviveu a uma escandaleira sobre a sua licenciatura- impensável num país europeu sem se terem tirado dali consequências políticas- temos agora este triste espectáculo do treinador pugilista que vai continuar a comandar (?) as tropas da bola.

Quero ver o que vamos ainda aguentar depois do pugilato, mas não é difícil adivinhar: a derrota humilhante de uma equipa nacional às mãos de um treinador desnorteado. Esta história toda vai, infelizmente, acabar muito mal.
Devia acabar. Já!

8 comentários:

  1. E se o senhor Scolari não tem a dignidade de se demitir, então devia ser demitido, pelo “artista” que diz que é uma espécie de Presidente da Federação, mas esse, em matéria de dignidade ainda deixa mais a desejar.

    ResponderEliminar
  2. a tal edição de luxo que o LC tão pomposamente anunciou é uma boa cagada...
    Presunção e água sebenta, ao menos aprendam a copiar com quem sabe

    mesmo se este post for censurado já cumpriu o objectivo ir direitinho ao autor do blogue

    ResponderEliminar
  3. que style que punch dasse o homem é um peso pesado de se lhe tirar o chapeau

    Embora n tivesse ganho nada para Portugal e ganho milhões com Portugal ganhou o Campiónato do Mundo e a UEFA vai perdoar-lhe o despautério até porque o sérvio é um correço sindicalizado.

    ResponderEliminar
  4. Não percebo nada de futebol, mas lembro-me que há alguns anos o Sá Pinto deu um murro no seleccionador.
    Este caso é bastante mais grave.
    Devia ser punido pelo menos com o dobro do tal Sá Pinto.
    Mas como vivemos no reino da palhaçada deve ficar por umas palmadinhas nas costas...

    ResponderEliminar
  5. Pois é continua tudo na mesma.Já no tempo do botas era só futebol prá malta andar ocupada.Miséria?Fome?Trabalho precário?Arrogancia e autoritarismo do Governo?etc...etc... etc....O que importa isso? VIVA O FUTEBOL.O Chico já dizia e bem.Aqui na terra estão jogando futebol.......

    ResponderEliminar
  6. Não tenho respnsabilidade editorial na série grandes fotógrafos LC

    ResponderEliminar
  7. Subscrevo, LC.

    Scolari não soube respeitar a bandeira do País, do qual é o legítimo e legitimado representante, juntamente com a equipa que treina e lidera.

    Pediu desculpa. Falta o resto.

    E o resto é ... Pedir a demissão ...

    Penso que não deveria ser necessário, convidá-lo a sair. Se fôr um gentleman ...

    Até porque (penso que) perdeu a capacidade de liderança.
    Não tem desculpa, qualquer que seja o argumento.
    E um facto que por si só seria grave, por haver agressão, ainda se torna mais grave, por ter atingido FISICAMENTE um jogador de outra Selecção.
    Também não respeitou o País a que pertence esse Jogador.

    Por isso, Scolari deveria ficar impedido PARA SEMPRE de ser Seleccionador em qualquer País, mesmo do Brasil, no âmbito de competições internacionais.

    O acto do "Mister" Scolari contrariou as palavras de um dos mais importantes líderes mundiais.

    Nelson Mandela sublinhou recentemente a importância do futebol como um importante elo de união entre os Povos, no mundo.

    ResponderEliminar
  8. Os nosso lideres da bola não demitiram o Scolari porque pensam que ganharão os proximos jogos com os "mija na escada" e safam-se!

    Pensam que como o Pepe a coisa vai melhorar.

    Talvez o regresso ricardo carvalho!Resolva as coisas !

    Mas, sobretudo o MAdail ( esse cromo da bola ) pensa que o Platini vai dar-lhe uma ajudinha como gratidão ao anterior apoio que recebeu de Madail para a sua eleição!
    É por isto que ainda têm fé no apuramento, para além dos nossos adversarios serem do mais fraquinho que ainda se arranja! Só faltava O San Marino e Andorra!

    Pode ser que se f...! e o apuramento não passará de uma ficção e ai o Scolari fica com tempo para tratar da sua vidinha!!!"Tenho que olhar para minha familia,né ! pôo."

    Vai dar banho ao cão ! O Scolari!

    ResponderEliminar