sexta-feira, agosto 10, 2007

Zita, Maddie e Pinto da Costa

Sita Vales a companheira de estrada de Zita assassinada à ordem de Agostinho Neto

1- A HISTÓRIA DA JOVEM ZITA

O livro " Foi assim" de Zita Seabra continua a explicar-me o que era a vida de um comuna na clandestinidade. O que ela descreve, e muito deve ter ficado por escrever, é arrepiante e mostra como o partido era uma organização tenebrosa, de disciplina militar, onde ninguém punha pé em ramo verde. A jovem Zita passou a maior solidão nas casas do partido, abdicou de tudo o que uma pessoa normal pode querer ( família, amigos, conforto, estudos, saúde) para imolar a sua vida em nome do socialismo. Eu já sabia que ser comunista era um acto de fé, agora tenho a certeza.
O que ela conta dos tempos clandestinos é surpreendente. Percebe-se que Cunhal era um ditador na forma como se relacionava com os camaradas e como mantinha uma áurea de poder e mística à sua volta.
também se percebe que o 25 de Abril foi congeminado por militares comunistas, o Melo Antunes redigiu o programa e Carlos Brito sabia-o com antecedência. Vasco Gonçalves era camarada militante, com controleiro.

A desumanidade no interior do partido era total, a frieza militante não cedia ao sentimento. Um dos maiores resistentes na cadeia, com curriculum de lutador muito superior ao de Cunhal foi posto como porteiro da sede, depois do 25, e o desgraçado tinha de ir apanhar caracóis para comer. Um dia ia comprar uma estante, roubaram-lhe o dinheiro, camaradas quotizaram-se para o ajudar e Cunhal não deixou. " Não se tivesse deixado roubar, cada camarada tem de viver com o seu ordenado".


Mas a parte mais terrível é quando Zita fala de Sita Vales a sua camarada da UEC ( uma mulher linda e desejada) e que acabou assassinada em Luanda ao lado de algumas centenas de opositores a Agostinho Neto, organizados em torno de Nito Alves. Foi Neto que assinou a ordem de morte aos seus opositores na que terá sido uma das matanças mais ignóbis em nome do Socialismo marxista-leninista.

O PCP sabia de tudo e calou esta matança.


2- MADDIE, CEM DIAS SEM NOVAS

Passados 100 dias sobre o desaparecimento da pequena Maddie as acusações aos pais votam a subir de tom. Depois da relutância em falarem aos jornalistas portugueses e de criticarem a PJ ficam, de novo, as perguntas: porque deixaram os miúdos sozinhos, porque dispensaram naquela noite a babysiter gratuita, porque deitavam às sete da tarde as crianças, qual deles viu por último a Maddie, porque foram tão competentes a arranjar logística ao ponto de terem um porta voz que foi para porta voz do governo inglês, quem são os seus amigos, o que fazem e que tipo de relações estabeleciam, do que vivem, em quanto vai o dinheiro recolhido no site, quem gere esse dinheiro, e muitas mais questões que se poderiam e deveriam pôr.

A sensação com que se fica é que há aqui qualquer coisa mal contada e que a solução para este enigma deve estar muito mais perto do que o que querem fazer crer.

E já agora: porque não fez logo a policia os exames que agora está a fazer?


3- DO DRAGÃO NASCEU UM PINTO

Mais Pinto da Costa. Já me chamaram ingénuo com o que ontem escrevi. Discordo. Há rapazes maus e grandes manobras onde há grandes negócios. O futebol não é um jogo da malha ou de berlinde, envolve dinheiro, poder, paixão. O que eu disse é que Pinto da Costa tem uma postura coerente e que pode ser muita coisa má mas tem o que muitos portugueses que estão no Poder ( por exemplo o engenheiro) não têm: carisma, charme, ambição, projecto, objectivos e uma certa ética e moral na obra feita. Todos os grandes lideres têm um comportamento que por vezes excede o senso comum e um trajecto que não é linear, tal como a grande avenida de Estalinegrado. Isto acabo de aprender com a camarada Zita Seabra.

5 comentários:

  1. uma nota séria sobre a Maddie: estou preocupado por ainda não ter aparecido...sinceramente preocupado,
    o resto é um atoleiro de merda fabricada por Polícias jornais e jornaleiros entre os quais destaco aquela caca chamada Hernani Carvalho ao serviço dos espanhóis da Prisa/Media.
    Mas estou sinceramente preocupado com o que está a acontecer á criança ou porventura com o piro que lhe tenha acontecido.
    E a menos que tenhamos todos corações e razões empedernidas também e apesar dos defeitos como pai o drama interior que os pais possam estar a sofrer. Da mesquinhez dos analistas portugueses e do barbarismo dos bêbados ingleses não falamos mais ok?

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pelo seu comentário.

    LC

    ResponderEliminar
  3. Ppois é!
    A nossa PJ é um espectaculo !
    Como disse o LC "E já agora: porque não fez logo a policia os exames que agora está a fazer?"

    É mais um caso Joana!
    Portugal está cheio de crimes mal explicados !

    Eu ,pessoalmente, coube-me a tarefa de ir denunciar á
    PJ-faro um crime, de tentativa falhada de suquestro e/ou homicidio que provocou ferimentos graves num homem, atingido com um arpão de uma espigarda de caça submarina de pressão. Os criminos fugiram e abandonaram as armas num arbustro para irem busca-las mais tarde ( uma arma de fogo c/ silenciador + arma de caça submarina + pe de cabra etc). Dada a gravidade da situação tentei enviar-lhes um email com fotos das armas.Não consegui tinham o server com problemas. Telefonei para a esquadra , a senhora que atendeu disse que o serviço ia fechar às 17.horas e que não podia fazer a queixa por telefone.Tinha que ir no outro dia falar com o inspector. Eu disse-lhe que se fosse a filha dela a ser violada ela tb procediria da mesma forma! mesmo assim , nada!
    Tive que ir no outro dia, que remedio!
    Relativamente à GNR , que recolheu as armas disse que não tinha pessoal para fazer a vigia às armas e que o caso tb não era para a Judiciaria porque não tinha havido uso de armas de fogo! dixit.

    Apesar da minha denuncia à PJ no dia seguinte as investigações foram levadas a cabo pela GNR que 6 meses depois auscultou as testemunhas . Espectaculo!
    Criminosos nem Vê-los!



    Assim! Só a pequena delinquencia termina com prisões. Para meter os criminosos na cadeia, um Juiz tem que ter provas, não é só indicios.E perante indicios, qualquer advogado de meia leca desmonta a acusação. Não é para opter indicios que a Policia Judiciaria e de investigação criminal é paga!!! Não acham?
    Qual é o Politico que tem a coragem de pedir responsabilidade a essa gente da juduciaria? pois é! Têm telhados de vidros !!Pois é!

    ResponderEliminar
  4. Só para acrescentar: Os Serviços Presionais deixam fugir os presos mais perigosos. Em Guimarães fugiram apenas com barras de ferro. Que historia linda!

    Segundo o Correio da Manha : "O EP regional de Guimarães, tem um regime de segurança misto e uma lotação de 48 reclusos para um corpo de guardas prisionais de 39 elementos a que se junta um técnico de reeducação."

    Vejam só como eles gozam com os dinheiros publicos!39 guardas para 48 reclusos ! espectaculo!

    ResponderEliminar
  5. Uma das coisas que gosto de ouvir, é Hernâni Carvalho nos seus comentários ao caso Madeleine. Caso ainda não tenham tomado conta, tudo quanto é dito por esse Senhor acaba por ser verdade e tem tudo a sua lógica.Ainda hoje no seu "crime diz ele" lá estava certo do que dizia e das suas opiniões. No final de tudo verão quem tinha razão! Força Hernâni.

    ResponderEliminar