quarta-feira, agosto 01, 2007

Fui à posse e engraxatório a António Costa

Não vou mostrar aqui fotos da posse de António Costa. Comprem o Expresso sábado.

Mas vou contar o que vi.

Em volta do quarteirão dos Paços do Concelho muita polícia, carros oficiais aos montes, agitação. Tarde de calor, o povo convidado, aperaltado, perfumado e engravatado subia a escadaria dos Paços como se entrasse numa festa. Era uma festa com lotação esgotada.

Entrei com as minhas máquinas, encontrão aqui e ali, chego ao cimo e uma menina simpática, gira mesmo, diz-me:" venha comigo tenho ali um lugar para si. Para si e para os outros fotógrafos e sorri". Saltei para o palanque já ocupado com tripés e umas estagiárias de jornalismo, nervosas e suadas. Uma delas coitadinha ainda levou com a minha 70-200 na cabeça. Foi sem querer. À minha volta só fotógrafos amadores. O Salão Nobre já estava uma sauna, quente. Abrem-se os janelões para aliviar e entram figuras conhecidas, ministros, Jorge Coelho, Ricardo Espírito Santo que ficou ao lado do Dr. Carvalho da Silva.

Os futuros vereadores lá estavam perfilados. Roseta escrevia num bloco e cochichava com essa anedota especialista em mobilidade, João Ramos, Ruben de Carvalho muito bem disposto e afável com todos, Carmona a aguentar-se bem ( começo de facto a simpatizar com o Quixote!), Negrão sem saber onde segurar a expressão. Costa entrou triunfante, aperto a Sampaio, abraço a Salgado, beijo a Paula Teixeira Pinto. Sorri muito. Obrigado!

Há muitos ministro, Pinho, Correia de Campos... e onde está Sócrates ? Alô !!! Não temos Primeiro ? Está de férias e ninguém neste país se importa com isso ? Notável.

Depois dos discursos longos e secantes ( Almeida Secas deixou escola!) os abraços finais.

Começou o engraxatório.

Agora adivinhem quem foi ao beija mão:

Isaltino de Morais aos abraçinhos a Costa e a Carmona. Tomás Taveira, grande mestre, muito íntimo com Salgado e a beijar a mão a Roseta, também muito amigo de Carmona. O Tomás mantém o encanto e saber. Também lhe dei um abraço e disse-lhe para ler o que a Ana Anes escreveu sobre ele no seu blogue. Um elogio desassombrado. " Vou já ler!".

A Taveira devo um dos grandes conselhos da minha vida: " Luiz: a que não deres hoje já não dás amanhã!".

Tudo no beija-beija. Até o velho Acácio Soares, um fotógrafo da velha guarda lá foi engravatado agradecer a Costa e o ex-namorado de Fernanda Câncio deixou a máquina fotográfica e lá estava como membro da comissão de honra.

Agora espantem-se fotógrafos:

Costa deu uma de intelectual e quis citar realizadores, pintores, escritores, fadistas e poetas que glorificaram Lisboa.
Esqueceu-se dos fotógrafos.
Se estiver com ele amanhã vou-lhe oferecer o meu livro Lisboa e Lisboetas, por acaso pago pela Câmara.
Começo a pensar que também lá devia ter ido ao beija mão !..

Leia mais aqui.

8 comentários:

  1. Bem que desconfiei que era você que eu vi na reportagem quando a locutora começou a falar ainda antes de ter começado a posse.
    O corte curto fica-lhe bem, amanhã também vou dar uma pedoada no meu, que já está assim um pouco por cima das orelhas.

    ResponderEliminar
  2. Já agora, usando um "heterónimo", também acho... caro Luís... que "bófias unidos jamais serão vencidos".

    ResponderEliminar
  3. ...embora eu queira mesmo é que (alguns) bófias se fod**.

    ResponderEliminar
  4. mami sousa12:25 da manhã

    pelos vistos o costinha deve pensar que é o rei da republica das chamusas. então ele agora é um mero presidente de camara e quer se queira quer não é um presidente de vergonha! sim porque ser eleito por 57.907 eleitores onde existe uma população de 524.248 achando-se o marajá de lisboa prepara uma cerimonia como se fosse a sua posse de ministro primeiro! e vergonha deviam ter todos os ministros presentes! será que eles vão a tomada de posse do presidente da camera de sines ou da camera de guimarães? o socrates não foi! tb para quê com tanto disciplo por lá em lugar de andarem a resolver as maleitas deste triste estado nação! afinal quem vive na e da mama? e depois andam a cobrar impostos a triplicar para lhes pagar os trabalhos que não fazem! arre país que triste sina a tua teres progenitores assim como queres tu que os teus filhos façam melhor!
    mami

    ResponderEliminar
  5. Não, não sou fotógrafo profissonal porque não é disso que ganho a vida. Em termos materiais, porque em termos afectivos é ela que me dá o "alento nosso de cada dia"!
    Lamento o tom de menoridade aqui empregue em relação aos "fotógrafos amadores", já que, para mim, amador é aquele que faz algo por amor, aquele que ama.
    E, sem querer personalizar, sabemos, você e eu, que as mais das vezes, não são os profissionais que produzem ou criam os melhores trabalhos. E, tal como não é o melhor pincel que cria a melhor tela, não é a melhor objectiva que cria a melhor fotografia. Apenas o permite! O resto depende de quem está atrás dela!
    Por mim, faço o que posso e a mais não sou obrigado. Mas também não dependo disso para comer, nem faço alarde dos meus sucessos ou fiascos.
    (Nota extra: eu não estava no local que, no meu ofício, não tenho que andar atrás das situações de beija-mão, são elas que vão ter onde trabalho!)

    ResponderEliminar
  6. O Neofascismo está instalado na camara de Lisboa.

    ResponderEliminar
  7. Neo-Fascismo na CML já ?

    Vá lá temos progredido alguma coisa.

    Em Itália já está no parlamento romano há décadas

    ResponderEliminar
  8. Luiz,
    Acredite que vai preferir o meu conselho:

    "As que não deres na terra, vais apanhá-las no céu"

    ResponderEliminar