terça-feira, julho 24, 2007

Fotógrafo SOLITÁRIO apanhado em Nova Deli

Apanhado finalmente o fotógrafo solitário. Não estava na Figueira a fotografar a obra de Santana nem a fugir de um carro descaracterizado na A1. Na altura foi apanhado com um saco cheio de Leicas M8, Ricoh GR para disfarçar. Num dos bolsos tinha filmes preto e branco cujo prazo tinha caducado há 5 anos, um Partagas D4 em adiantado estado de decomposição, uma capa dobrada do livro Disparos de A. Cunha, um Moleskine com citações de "Confissões de um director de jornais", e um cartão de visita de uma individualidade do Besphoto.

Na altura não ofereceu resistência porque a polícia usou um leitor de Mp3 de candonga com o hino da campanha de Cavaco. O pior está a passar agora na cadeia: obrigam-no a actualizar o blogue num Vaio fazendo-o acreditar que aquilo é um computador multimédia !

5 comentários:

  1. Que carrego!

    Bem que podia ter emprestado uma máquina ao tipo que fez a foto, teria ficado decente.

    Ou estava com medo que o tipo a palmasse?

    Não...
    não foi a Soraia a fotógrafa.. pois não?

    abc

    ResponderEliminar
  2. "Se calhar, já andava a vigiar o "solitário" espanhol, mas que só ontem foi apanhado. Por acaso, aqui bem perto."
    Vá-se tramar... Você anda é aproveitar as minhas deixas...
    Mas está giro.

    Já agora, mesmo que quisesse fotografar a obra do Santana, só se fossem os ratos que andam a passear no Oásis que ele instalou na praia:
    "...
    "Um "oásis" de ratazanas ameaça a praia do Galante
    O presidente da Comissão Política Concelhia do PS da Figueira da Foz, António João Paredes, receia que a praga de ratos que invadiu o espaço "Oásis", na praia do Galante, possa representar perigo para a saúde pública.
    Ao cair da noite, centenas de ratos invadem aquele equipamento de lazer, onde diariamente circulam largas dezenas de pessoas. Os roedores procuram alimento, objectivo que é facilitado pelo facto de muita gente atirar restos de pão aos patos do lago artificial ali existente.
    "É um espectáculo pouco dignificante para uma cidade turística como a Figueira da Foz. Temo que, caso esta situação se arraste e possa pôr em perigo a saúde pública da população local mas também dos turistas que procurem esta zona", disse, ao JN, António João Paredes.
    "Este não é certamente o bilhete-postal que queremos dar da nossa cidade mas, infelizmente, este executivo camarário [PSD] tem mostrado desleixo e descuido em matéria de política ambiental. O Oásis é disso um exemplo", acusa o líder socialista, defendendo uma intervenção urgente para acabar com a praga de ratos.
    Para além do perigo que podem representar para a saúde pública da população, os ratos estão também a matar as ninhadas de patos que ali nascem e habitam.
    Contactado pelo JN, o vereador do Ambiente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, José Elísio (PSD), revelou que a situação é do conhecimento da autarquia e que "desde há algum tempo", têm sido efectuadas várias acções de desratização.
    "Temos a noção de que o problema existe no Oásis e noutras zonas da cidade, nomeadamente junto aos molhes, no rio Mondego. Ontem, aliás, e segundo revelou o vereador, uma empresa especializada em serviços de desratização e outras desinfestações estiveram a actuar no local.
    Até ver, fica a promessa "Dentro de 15 dias faremos uma nova acção e vamos manter uma actuação permanente. Julgo que até ao início do Verão todo este problema estará resolvido. Ao contrário do que diz o PS, não há perigo para a saúde pública"
    O vereador figueirense disse ao JN ter contactado o veterinário municipal, que estará ao corrente da situação e terá garantido que "não há razão de alarme".
    Nota:
    O Oasis é uma estrutura turística instalada na praia, onde o actual reformado deputado gastou, segundo se consta, mais de cem mil contos, e que não funciona há mais de quatro anos por, supostamente, ter sido construída com violação do Plano de Ordenamento da Orla Marítima ( não sei se é assim que se designa, mas se não for, é parecido).
    ..."

    ResponderEliminar
  3. Vá lá terem usado um leitor mp3 da candonga com o hino do cavaco. Imagine-se se o socas tivesse pago 30€ a uma qualquer criança para cantar o Guerreiro Menino versão Santanamix 2007.

    ResponderEliminar
  4. Gran éxito de la policía lusa en Figueira........

    ResponderEliminar