sexta-feira, agosto 04, 2006

Centro de Lisboa entregue à prostituição

Há 10 anos que vivo na linha do Estoril, depois de ter morado no centro de Lisboa durante 40 anos. Hoje, há pouco, em trabalho percorri as ruas lisboetas, onde a prostituição está escancarada. Estranhei a forma como a prostituição tem aumentado nas ruas de Lisboa.
São mulheres jovens, algumas muito atraentes, outras muito velhas. O mais chocante: rapazes de aluguer, e crianças, se considerarmos que nos 13- 14 anos ainda se é criança.
No passado fim de semana foi o escândalo, a vergonha das barracas na zona de Sintra onde crianças de tenra idade ali estavam na prostituição com o patrocínio dos pais.
O que mais choca é a impunidade em que tudo isto contiunua a acontecer. Param carros topo de gama, há centenas de clientes e ao lado passa a GNR a cavalo. Nada poderão fazer, mas nem sequer conseguem dissuadir este repugnante comércio de carne humana que está a fazer de Lisboa não um lugar de libertinagem mas um reduto sórdido de vergonha humana.

8 comentários:

  1. É o país que temos, a sociedade que temos e, em último suspiro, os seres humanos que temos. Não me refiro, como é óbvio, às crianças, mas aos "abutres" que, ao invés de gastarem 50 euros numa consulta psiquiátrica - visto já serem conhecidos estudos que apontam para a pedofilia como doença -, páram para se "perderem" num mundo ilusório que não é seu.

    Apesar de viver numa pequena aldeia, no norte do país - por enquanto, visto ser estudante universitário e de viver com os pais - esse é um problema que não deve passar impune perante o olhar da sociedade civil.

    Sabe o que lhe digo Luiz?

    Há dias assim...
    Esperemos - num ataque de utopia pura e dura - que amanhã seja diferente...

    Um abraço e parabéns pelo blog. Desde a ida do Luiz à Universidade do Minho, para nos dar aquela aula em ciberjornalismo, que tenho acompanhado o seu blog.

    Hugo Monteiro

    ResponderEliminar
  2. Grandes Administradores de Blogs en Estoril: Luiz Carvalho (Instante Fatal), Paulo Cunha Porto (O misantropo enjaulado)

    ResponderEliminar
  3. A nossa sociedade, condena, antes de saber a verdade! Lisboa hoje em dia tem muitas prostitutas, é verdade, mas a razâo de muitas delas ali estarem nada tem a ver com a droga ou pobreza, o que aconteçe, e o governo permite, em jornais diários, vem muitos anuncios de convivio, mas o que toda a gente desconhece é que as/os donos dos apartamentos exigem metade do dinheiro, ou seja se a menina cobra 50€ tem que dar 25€ á casa, isso sim é crime! para acabarem com a prostituição em lisboa é só legalizarem o negócio e arranjarem um sitio onde elas possam trabalhar, com respeito, higiene e acima de tudo tratalas como seres humanos que sâo.A prostituição nunca acabará, sempre existiu! Antes de apontarem alguem lembrem-se que elas tambem são filhas e netas de alguem e tambem tem filhos e netos,algumas. Eu conheço muitas raparigas que trabalham nessas casas e quando elas passam na rua ninguem imagina onde elas trabalham, não se drogam, não bebem, vestem bem e quase todas tem filhos que andam a estudar nas mesmas escolas que os nossos.

    ResponderEliminar
  4. Ainda bem que tem prostitucao em Lisboa! Eu vivo em Estocolmo na Suecia e aqui e tudo prohibido! Acho que vou voltar para Portugal onde se queres uma gaja boa e jovem basta comprar o jornal de clasificados e esta feito!

    ResponderEliminar
  5. Portugal está em crise,está no buraco,com o crescimento acelerado da economia informal da prostituição,o mesmo será salvo pelos buracos.

    ResponderEliminar
  6. Lisbon really sucks...It's an ugly city...Its streets smell like dog piss!!!

    ResponderEliminar
  7. cada um vende o que tem

    ResponderEliminar
  8. concordo contigo!!

    ResponderEliminar